Arquidiocese de Manaus

Movimento Terço dos Homens realiza o 11º Encontrão na Paróquia São José Operário

Aconteceu na noite desta quinta-feira, 25 de novembro, na matriz da Paróquia São José Operário-Leste (PSJOL) da zona leste de Manaus, o 11° Encontrão Arquidiocesano do Movimento Terço dos Homens Mãe Rainha  (THMR).  A celebração foi presidida pelo Bispo Auxiliar de Manaus, Dom Tadeu Cavanarros, concelebrada pelo Pe. Marco Antônio (Marquinho), auxiliados pelo diácono Ermilio Souza.

O evento também marcou o primeiro encontro dos participantes após a pandemia e reuniu cerca de 250 guerreiros da Mãe Rainha, entre agentes e coordenadores do movimento de cerca de 50 paróquias e áreas missionárias, além dos representantes dos municípios de Nova Olinda do Norte, Manacapuru e Presidente Figueiredo que vieram em peso junto com o seu pároco, Pe. Marquinho que solicitou que o próximo encontrão aconteça na Terra das Cachoeiras. 

De acordo com o coordenador arquidiocesano Manoel Miranda, esse retorno é muito importante, principalmente depois desse período pós pandemia, pois é um movimento que tem mudado a vida de muitas famílias. “O terço dos homens é uma forma de trazer o homem e o pai de família de volta para a igreja e esse encontrão para nós foi uma grande oportunidade de voltarmos a nos reunir e nos rever, pois temos certeza que ainda temos muito a fazer e vamos continuar trabalhando na obra”, disse o coordenador.

Durante o primeiro momento cada mistério do terço foi rezado por um coordenador de uma determinada área missionária e paróquia. Durante a homilia, Dom Tadeu salientou que “Somos chamados a viver na fé, ter a confiança plena em Deus. Quando nossa vida está flutuando na superfície nós corremos o risco de perder a beleza do sentido de nossa vida”, disse. Depois completou, “A vida nos coloca diante de novos desafios, sem crise não pode haver nenhum crescimento e transformação, é preciso reencontrar além do dia a dia, é preciso repensar tudo de uma maneira nova”. 

No decorrer da celebração, também foi lembrado a importância da vacinação, pois toda mazela que a humanidade já superou foi por meio da fé e das vacinas, como o próprio Santo Padre Papa Francisco nos diz, “a espiritualidade está sempre próximo da ciência e vacinar é importante por ao se proteger também protegemos aos outros”. E, paralelo ao 11° Encontrão, também foi comemorado o Jubileu de Prata dos 25 anos do THMR na CNBB.

Informações e fotos colaboração: Pascom PSJOL



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *