Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Trabalho voluntário é a base das ações dos agentes pastorais na igreja

Essa é a história da Graça Lima, agente pastoral na Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, ela faz esse trabalho voluntário na igreja há 20 anos.

A igreja é movida por ações, pastorais, movimentos, mas para que isso tudo aconteça é necessária a presença de pessoas.  Pessoas que se doem, que disponham de tempo para o serviço da igreja.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil , CNBB tem mais de 50 pastorais registradas e em todas elas existem muitos agentes que desenvolvem esse serviço. São lideranças de pastorais e movimentos, secretariado, financeiro, psicológico e muitas outras funções exercidas seja na área de atuação profissional do voluntário ou não.

Os agentes pastorais que atuam na igreja não são remunerados, apenas recebem o salário os funcionários e o padre por não ter outra fonte de renda e viver inteiramente para o serviço da igreja, afirma o Coordenador de Pastoral da Arquidiocese de Manaus, padre Geraldo Bendahan.

Somente na Arquidiocese de Manaus são 24 pastorais, entre elas 10 são pastorais sociais.

Não é novidade que a maior parte dos agentes voluntários na igreja, são mulheres, mas há homens que também assumem papéis importantes na vida da igreja como é o caso do Assessor Financeiro da Paróquia de Santo Antônio, Anderson Lira.

Também há muitos jovens inseridos na igreja. O articulador do serviço vocações e projeto de vida da Casa MAGIS Manaus, Renato Duarte fala um pouco da sus experiência.

Com o apoio e o esforço de cada um dos voluntários, a igreja, desde sua fundação, desempenha um papel essencial em prol da sociedade em todo o mundo.

 Ouça a matéria na íntegra:

 

Rádio Rio Mar – Rafaella Moura 



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *