Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Caminhada Missionária reúne milhares de fiéis na alegria do evangelho para uma igreja em saída

Na tarde deste último domingo (22/10) aconteceu a Caminhada Missionária 2017, coordenada pela Conselho Missionário Diocesano (COMIDI) e este ano teve como tema “A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída” e lema “Juntos na missão permanente”.  O evento iniciou com a concentração, às 16h, na Praça Mestre Chico, onde aproximadamente de 10 mil pessoas todas as idades, entre leigos, religiosos e consagrados, saíram em caminhada, agitando suas bandeiras e cartazes, até Santuário São José Operário, onde foi celebrada uma missa campal presidida pelo Arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, concelebrada pelos bispos auxiliares, Dom Tadeu Canavarros e Dom José Albuquerque e por vários padres convidados.

Por volta das 17h, Dom Tadeu Canavarros, deu a benção inicial a todos os presentes, pedindo a proteção de Deus e Nossa Senhora e, logo após, as crianças e jovens da paróquia de São Jorge fizeram uma apresentação que finalizou com a distribuição de mudas de plantas. “Esse grupo é formado por crianças da catequese, grupo de jovens, grupo de teatro e tem por finalidade demonstrar que temos que trabalhar nossa “Casa Comum”, cuidando bem da natureza, do meio ambiente e de nossos animais. Ao fim da apresentação, distribuímos 500 garrafas com mudinhas de temperos e frutas (cupuaçu, manga, taperebá, caju, camu camu etc), todas doações e preparadas com todo carinho por nós da paróquia”, disse Luciana Quitino, uma das responsáveis pelo grupo.

E sob o comando e animação do pe. Marquinho da paróquia São Vicente de Paulo – Compensa 3, os fiéis começaram a peregrinação. O trajeto da caminhada incluiu a passagem pela ponte de ferro, na avenida sete de setembro; Avenida Castelo Branco; Ruas Ramos Ferreira, Duque de Caxias, e Visconde de Porto Alegre. Os participantes estiveram reunidos em grupos, movimentos ou pastorais, além da presença marcante da Infância e Adolescência Missionária (IAM), Juventude Missionária, Pastoral da Criança, Comissão Missionária Pastoral (Comipas), seminaristas e o povo de Deus em Geral, muitos chegando de caravanas das diversas paróquias e áreas missionárias de todos os o12 setores da Arquidiocese de Manaus.

“A Infância e Adolescência Missionária (IAM) tem o objetivo de levar Jesus e tornar Ele conhecido e amado. É uma obra missionária que tem 170 anos, que começou na França e hoje se encontra em mais de 130 países. Tem por finalidade a evangelização das crianças a partir das próprias crianças e aqui na Arquidiocese de Manaus a gente tem mostrado a nossa força, estando presente em várias comunidades, paróquias e áreas missionárias, e hoje na caminhada estamos em um total de quase 400 crianças presentes”, explicou Ana Heloiza, uma das coordenadoras do IAM da Área Missionária da Ponta Negra (A.M.P.N). Ao chegar no Santuário de São José, todos trataram logo de se acomodar como puderam para assistir à missa campal. Para isso os devotos se espalharam por todos os cantos da área externa, sentando no chão, nas escadas ou em algumas cadeiras que foram providenciadas para a celebração.

A missa campal foi muito participativa e a alegria esteve presente em todos os momentos. Durante a celebração também se fez memória aos 300 anos de Aparecida, assim como foi realizado o envio de 36 seminaristas do Seminário São José e a abertura oficial da “X APA” (Décima Assembleia Pastoral Arquidiocesana), onde todos seremos convocados a entrar em nossa realidade arquidiocesana, nos seus multiplos desafios evangelização e tentar buscar as respostas possíveis a serem dadas mediantes nossas possibilidades nas questões de vida e fé.

“Hoje fomos convocados para vivenciarmos a X APA, vamos ter um ano a enfrentar, com intensas atividades no olhar profundo de quem busca ser uma igreja em saída, na procura de respostas à realidade evangelizadora e missionária arquidiocesana. Vamos viver ainda o Ano do Laicato, do leigo e da leiga, missionários do Senhor e, no próximo ano, estaremos novamente aqui reunidos, no dia mundial das missões, para agradecer a Deus pela realização e conclusão da X APA. Enfim, deixo aqui minha gratidão a todos os paroquianos que, com a sua participação bonita e bela, nos ajudaram a concluir nossa caminhada missionária”, disse Evanir Rosa, coordenador do Comidi

Palavras de Dom Sergio

Em sua homilia, Dom Sérgio ressaltou mais uma vez a importância da vocação missionaria e o dia das missões. “Ser missionário é abrir fronteiras, é alargar seus horizontes, é dar testemunho da sua fé, da caridade, da esperança e perseverança e hoje, no dia das missões, da missão além fronteiras, somos convocados a colaborar com esse serviço rezando pelos missionários e apoiando financeiramente cada missão, pois ninguém é missionário sozinho, somos uma igreja em equipe e, se até crianças, como as da Infância Missionária, estão se empolgando com a ideia de missão, então nossa igreja tem futuro pois essas crianças são os adultos de amanhã”, comentou Dom Sergio.

  



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz