Solenidade de São Pedro: Procissão fluvial e missa marcam as homenagens ao santo padroeiro dos pescadores em Manaus

“Promover a vida é cuidar da água”. Foi com esse tema que centenas de devotos de São Pedro, padroeiro dos pescadores acompanharam a tradicional procissão fluvial nesse sábado (29/6), que saiu do Terminal Pesqueiro, localizado na Feira da Panair, bairro Educandos. Com o apoio da Marinha do Brasil, o andor que leva o quadro de São Pedro embarcou no Navio Hidroceanográfico Fluvial Rio Branco, e os fiéis seguiram em dezenas de embarcações de apoio de pequeno e médio porte. Estiveram presente no navio principal: Dom Hudson Ribeiro, bispo auxiliar de Manaus, padre Charles Cunha, padre Geraldo Bendahan, Frei Paulo Xavier (OFM Cap.) além religiosas e a coordenação pastoral da Arquidiocese de Manaus. A 75° Procissão Fluvial foi transmitida pela Radio Rio Mar FM 103,5.

Frei Paulo Xavier, Padre Charles Cunha e Dom Hudson Ribeiro

No trajeto hidroviário que durou cerca de 2h, as embarcações seguiram pelo Rio Negro onde passaram pela Manaus Moderna, São Raimundo, Ponta do Ismael, bairro Compensa III, Comunidade de São Pedro até chegar a Ponte Jornalista Phelippe Daou, também conhecida como Ponte Rio Negro. No caminho de volta, a procissão passou pelos Portos Super Terminais e Chibatão e retornou para o Terminal Pesqueiro.

Padre Charles Cunha, no início do trajeto refletiu sobre o cuidado que cada habitante deve ter com os rios da região: “Precisamos cuidar melhor dos nossos rios. Chega de tanta poluição nos nossos rios. Nossos rios não são lixeiras, precisamos ter uma atitude mais carinhosa com nossa querida Amazônia. Amazônia do Papa Francisco e de todos nós. Precisamos dar exemplo de como cuidar da ‘Mãe Natureza’, de como cuidar da nossa água. A água para nós é vida, é da agua que tiramos o nosso peixe e chegamos as outras cidades, são as nossas estradas. Precisamos, sim, pedir a Deus misericórdia por nós não cuidarmos dessa criação e da nossa querida Amazônia”, refletiu padre Charles Cunha.

Padre Charles Cunha e Dom Hudson Ribeiro, bispo auxiliar de Manaus

Dom Hudson Ribeiro, bispo auxiliar de Manaus agradeceu a todos os proprietários das embarcações que se dispuseram a levar os devotos: “Obrigado aos donos das embarcações, que disponibilizaram seu tempo e meio de transporte e de vida e se colocaram a serviço para carregar o povo de Deus, para conduzir o povo de Deus, mas acima de tudo que acolheram o povo de Deus. Quem acolhe o povo de Deus, acolhe o próprio Deus. Por isso agradeço a cada um que ajudou na organização, vocês são abençoados porque carregam consigo a Bondade de Deus manifestada na acolhida ao seu povo”, agradeceu Dom Hudson Ribeiro, bispo auxiliar de Manaus.

Dom Hudson Ribeiro, bispo auxiliar e padre Charles Cunha

No Yate Pinheiros, cerca de 200 pessoas embarcaram para celebrar e agradecer por graças alcançadas por intermédio de São Pedro. Os grupos rezavam o terço e cantavam durante todo trajeto. Raimundo Alves Prestes, que participa das atividades na catedral de Manaus, acompanhou pela primeira vez da procissão fluvial. Para ele a experiência ficou marcada em sua memória: “É muito belo. Em outros momentos já ouvi as pessoas que participaram, até mesmo pagando promessa. Estou muito alegre e satisfeito por estar participando desse momento. E viva a São Pedro!”, concluiu Raimundo Alves Prestes, fiel.

Ana e Raimundo Prestes, fieis

Na volta, a ‘Saudação de Desembarque’, com breves toques de apito, marcaram a cumprimento de saída da principal autoridade a bordo, Dom Hudson Ribeiro, do navio da Marinha do Brasil. Em seguida, voluntários do Terço dos Homens desceram o andor de São Pedro para iniciar da procissão terrestre que caminhou em direção a igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Educandos.

Saudação de desembarque a Dom Hudson Ribeiro

A missa campal celebrada na frente da igreja marcou o encerramento do festejo do santo padroeiro dos pescadores. Em sua homilia, Dom Hudson Ribeiro lembrou da vida de São Pedro Apóstolo que foi chamado a ser ‘Pescador de Homens’: São Pedro tornou um dos principais personagens do nascimento da igreja e da unidade cristã. Ele ainda é um dos santos mais conhecidos e popular com quem nós nos identificamos tanto. Um homem de temperamento forte mas, também, dócil. Um homem de promessa e de queda. Um homem de afirmação e de negação. O homem que quis ficar e depois foi e voltou. Homem da fidelidade que acompanhou Jesus e que morreu por causa do Reino de Deus ensinado por Jesus. Basta nós olharmos na figura desse homem, as inúmeras homenagens que ele recebe e é por isso que nós estamos aqui. (…) Na primeira vocação do apóstolo, Jesus olhou nos olhos e disse: ‘Tu és Simão, filho de Jonas e serás chamados ‘Cephas’ que quer dizer Pedro isto é pedra. Jesus deu a explicação desse nome quando, em Cesareia, ‘Tu és Pedro e sobre essa pedra construirei a minha igreja. Eu darei a você as chaves do Reino dos céus. Tudo o que ligares na terra se ligado no céu e tudo o desligares na terra, será desligado no céu”, refletiu Dom Hudson Ribeiro, bispo auxiliar de Manaus.

Padre Charles, Padre Elson Lima, Dom Hudson Ribeiro, Frei Paulo Xavier, padre Geraldo Bendaham e padre Pedro Cavalcante

Ao final da celebração, padre Geraldo Bendaham agradeceu a todos os padres presentes e apoiadores que realizaram o festejo de 2024: “Agradeço a todos os membros da coordenação de pastoral, em especial a Marinha do Brasil que esse ano fez o momento muito especial, acolheu São Pedro no navio Rio Branco com todo o apoio das outras embarcações. Agradecemos o apoio das famílias, dos terminais e esse ano, a arquidiocese de Manaus assumiu a procissão de São Pedro e para o próximo ano continuaremos assumindo juntamento com a Colônia dos Pescadores para que continue sendo um momento de experiência de fé. Agradecemos o apoio do Corpo de Bombeiros, o SAMU, o IMU e a Polícia MIlitar”, agradeceu padre Geraldo Bendaham.

Fotos: Flávia Horta – Jornalista

Ana Paula G.Lourenço – Assessoria da Arquidiocese de Manaus

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários