‘’FAÇA BONITO’’: Paróquia São Vicente realiza Ação de Prevenção Contra Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

No último sábado (18/5), a Paróquia São Vicente de Paulo, situada no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, promoveu o evento “Faça Bonito – Ação de Prevenção e Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. A iniciativa contou com a colaboração das pastorais da Catequese, da Criança, da Juventude e do Projeto Margens. Com uma expressiva mobilização e participação, o encontro teve início na praça do Leme com uma caminhada que percorreu até a comunidade matriz da paróquia. Lá, foram realizadas palestras ministradas pelas psicólogas Selma Medeiros e Joyce Ribeiro, do Serviço de Atendimento Psicológico Familiar da Arquidiocese de Manaus, em conjunto com o projeto IÇÁ da Cáritas Arquidiocesana, abordando as diversas formas de abuso e orientando sobre como proceder com denúncias.

Durante as apresentações, a psicóloga Selma Regina Medeiros ressaltou a importância do debate sobre o tema na sociedade e orientou sobre a abordagem mais adequada para oferecer ajuda a uma criança vítima de abuso: “O primeiro passo é conquistar a confiança da criança, pois devido à violência sofrida, ela pode não confiar em nenhum adulto. Geralmente, o abuso é cometido por um adulto, e ao demonstrar que a criança não é culpada de nada, ela começará a perceber que pode confiar”, explicou a psicóloga.

Selma Medeiros enfatizou que a primeira medida a ser tomada é buscar o Conselho Tutelar para efetuar a denúncia, além de mencionar a possibilidade de entrar em contato com o Disque 100: “Para fazer uma denúncia, você pode procurar o Conselho Tutelar, que é a primeira instância. Também existe a opção de contatar o Disque 100, onde é possível denunciar anonimamente”, destacou Selma Regina Medeiros, psicóloga.

De acordo com dados de uma pesquisa realizada em outubro de 2023 pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Manaus apresentou um aumento no número de casos de estupro de crianças e adolescentes, totalizando aproximadamente 451 ocorrências. Segundo informações divulgadas pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública em 2022, o Amazonas liderou o aumento de estupros no país, com um crescimento de 37%.

Para contribuir no combate e na prevenção do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, é importante procurar o Conselho Tutelar de sua região ou entrar em contato com o Disque 100.

Texto: Sony Corsi / Pascom da Paróquia São Vicente de Paulo

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários