Diretoria da Adveniat realiza visita ao Amazonas como um ‘gesto de solidariedade e intercambio de Igreja’

O Regional Norte1 da Conferência Nacional dos bispos do Brasil (CNBB Norte 1) está recebendo a visita de uma delegação da Adveniat, uma organização da Igreja Católica da Alemanha que tem apoiado projetos de evangelização, também projetos sociais no Brasil e em toda América Latina. No grupo estão presentes quatro bispos, o diretor da Adveniat e alguns colaboradores.

A Adveniat tem apoiado o Regional Norte 1 em diversos projetos nas dioceses e prelazias e tem apoiado o Seminário São José, onde se formam os seminaristas das nove igrejas locais que fazem parte do Regional Norte1. Igualmente, apoia o trabalho pastoral que irmãs algumas congregações realizam na arquidiocese de Manaus.

O cardeal Leonardo Steiner, arcebispo de Manaus e presidente do Regional Norte1 agradeceu a visita da direção da Adveniat, lembrando que alguns dos bispos participantes da visita não conheciam a Amazônia, sendo a visita uma oportunidade para conhecer a região e perceber as necessidades, “onde eles podem continuar a apoiar, onde eles também podem pensar em apoiar outros projetos”, enfatizou o cardeal Steiner.

Isso tudo, segundo Dom Leonardo, “é um gesto de solidariedade, é um intercambio de Igreja, é uma evangelização, uma Igreja que evangeliza a outra, uma Igreja que apoia a outra”. O presidente do Regional Norte1 destacou que “é por isso que tem um significado muito importante para nosso Regional a presença da direção da Adveniat”.

Ingrid Schuchhardt, responsável pelos projetos no Brasil na Adveniat, é quem acompanha a comitiva da diretoria da Adveniat, destacou que é uma oportunidade “para conhecer a realidade da Amazônia, de Manaus, e também conhecer os desafios que as pessoas têm aqui e mostrar nossa solidariedade com os povos da Amazônia”.

A visita iniciou na quarta-feira 3 de abril e será encerrada na segunda-feira 8 de abril. Eles já realizada uma visita à Rádio Rio Mar; um encontro com a Pastoral Indigenista e visita a uma comunidade indígena Moiray, no Município de Autazes; visita do trabalho pastoral na periferia de Manaus e da Casa de Francisco e Clara; visita a uma comunidade ribeirinha; encontro com a Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM) e a Conferência Eclesial da Amazônia (CEAMA), abordando o contexto econômico, social, ecológico, cultural, eclesial e político, sobretudo no que faz referência aos povos indígenas; a realidade da violência, abuso, exploração sexual e tráfico de pessoas; implementação do Sínodo para a Amazônia e desafios atuais para as igrejas locais.

Colaboração: Pe. Luis Miguel Modino, assessor de comunicação CNBB Norte1

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários