Uma noite de Luz: Celebração da Vigília Pascal marca o sábado Aleluia na catedral metropolitana de Manaus

A Vigília Pascal desse sábado (30/03) teve início às 19h na área externa da matriz Nossa Senhora da Conceição.  Fieis, ministros e agentes acompanharam a solenidade realizada pelo Cardeal Dom Leonardo Steiner, arcebispo de Manaus que foi dividida em quatro momentos:

Celebração da Luz

Com uma fogueira acesa na calçada histórica, o cardeal Dom Leonardo Steiner abençoou o fogo para acender o Círio Pascal: ‘’ Ó Deus, que pelo vosso Filho trouxestes o clarão da vossa luz àqueles que creem, santificai este fogo novo. Concedei que a festa da Páscoa acenda em nós tal desejo do céu, que possamos chegar purificados à festa da luz eterna. Por Cristo, nosso Senhor. Amém”

O Círio Pascal é uma vela branca que representa a Luz de Cristo sendo usada nas liturgias de Igrejas Cristãs. Em seguida, os agentes foram acendendo suas velas a partir do Círio e entram em silencio na catedral.

Cardeal Dom Leonardo Steiner – arcebispo metropolitano de Manaus

A Liturgia da Palavra

É a mais longa Divina Liturgia do ano. Na Vígilia Pascal são feitas leituras do Antigo e Novo Testamento e salmos que relembram o mistério da salvação. Dom Leonardo também fez orações no momento da liturgia: “Deus eterno e todo-poderoso, que dispondes de modo admirável todas as vossas obras, dai aos que foram resgatados pelo vosso Filho a graça de compreender que o sacrifício do Cristo, nossa Páscoa, na plenitude dos tempos, ultrapassa em grandeza a criação do mundo, realizada no princípio. Por Cristo, nosso Senhor. Amém. Após as leituras, todas as luzes da igreja foram acesas para cantar o Aleluia e leitura do evangelho que transformou a morte em vida e salvação.

De acordo com Dom Leonardo, é no acender do Círio que tudo começa no novo amanhecer: “A nova luz expulsou as trevas, a escuridão e o medo. Esta noite, queridos irmãos e irmãs é cheia de luz, cheia de luminosidade. Um novo dia, um novo amanhecer, Ele ressuscitou. Não mais tristeza, mas alegria que nasce do ressuscitado” explicou Dom Leonardo Steiner.

Dom Leonardo Steiner na homilia aos cristãos

A Liturgia Batismal

Após a homilia, o cardeal fez a benção da água: “Meus irmãos e minha irmãs, invoquemos sobre essa fonte a graça de Deus Pai Todo Poderoso para que em Cristo sejam reunidos os filhos adotivos, aqueles que renascerem pelo batismo”. Em seguida o Círio Pascal foi colocado dentro da pia batismal para ser benzido e os ministros retiraram a água para aspergir sobre os fieis que, com as velas acesas nas mãos, renovaram as promessas do batismo.

Liturgia Eucarística

A celebração Eucarística é o ponto central de todo rito da Vigília Pascal. Cristo, o Senhor Ressuscitado, nos faz participar do mistério do Seu Corpo e do Seu sangue, como memorial da Sua Páscoa. “Orai, irmãos e irmãs, para que esta nossa família, reunida em nome de Cristo, possa oferecer um sacrifício que seja aceito por Deus Pai todo Poderoso”.

Padre Flávio Gomes, pároco da catedral e o vigário Marcos Aurelio agradeceram aos meios de comunicação pela cobertura da Semana Santa e ao povo de Deus que participou de todas as celebrações: “Nós queremos agradecer a todos vocês desde a participação do Domingo de Ramos, Desde o momento tão bonito onde nos reunimos para a Via Sacra até o Santuário de Nossa Senhora de Fátima e o retorno, mais bonito ainda, no encontro do Senhor Morto, como foi bonita a participação.”, agradeceu Padre Flávio Gomes.

Marcos Aurelio- vigário e padre Flávio Gomes, pároco da catedral

A celebração encerrou com o cardeal Dom Leonardo agradecendo a todos os bispos e desejando uma feliz Páscoa a todos: “A vida tem outro sentido quando olhamos Cristo ressuscitado. É que nós ressurgimos com Ele, padecemos com Ele. A razão da nossa fé: Jesus crucificado e ressuscitado. A Ele sempre a nossa honra, a nossa glória, a nossa vida”, agradeceu Dom Leonardo Steiner.

Fotos: Flávia Horta – assessoria arquidiocese de Manaus -ASCOM

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários