Pastoral do Povo de Rua participa da Via Sacra no Centro Histórico de Manaus

O centro histórico de Manaus, às 7h da manhã dessa sexta-feira, foi o local escolhido para a saída da primeira procissão do dia: a Via Sacra conduzida por pessoas em situação de rua. A caminhada foi realizada pela Comunidade Nova e Eterna Aliança e teve o apoio do cardeal Dom Leonardo Steiner , o diácono Edson Souza e do vigário Marcos Aurélio.

Dom Leonardo Steiner, arcebispo metropolitano de Manaus

O centro da capital é o local onde eles costumam passar dias e noites. Mas na sexta-feira da Paixão do Senhor, a rotina para esses moradores torna-se especial quando eles conduzem as 14 estações do caminho da Calvário de Jesus. Para César Augusto, o sentimento é de gratidão. “Isso pra mim é maravilhoso. É uma data especial, ainda mais pra gente que é desconhecido do público também é uma coisa maravilhosa”, destacou César Augusto, morador de rua.

De acordo com o coordenador da Comunidade Nova e Eterna Aliança, Theo Menezes, essa é a segunda vez que é realizada a Via Sacra com o grupo. “Ano passado nós tivemos a experiência com a população de rua, de inseri-los também nesse momento da Paixão do Senhor. Esse momento em que nós como cristãos participamos da Via Sacra e eles sempre ficara a margem dessa experiência e na Graça de Deus foi muito positivo”, explicou o coordenador.

Esse ano, a Via Sacra do Povo de Rua teve encenação em algumas estações onde retrataram os problemas enfrentados por quem vive em nessa situação. Kin Flávio, esse ano interpreta Jesus Cristo. Para ele, a responsabilidade de representar o Filho de Deus foi um privilégio. “Como Jesus é o primeiro ano e essa vontade surgiu da gente que uma vez reunido, disse que eu parecia com Jesus. Fiquei ansioso e nervoso ao vivenciar. Senti um pouco do que ele sentiu”, concluiu Kin Flávio, morador de rua.

Kin Flávio, morador de rua

O percurso saiu do Centro Histórico, da frente da Comunidade Nova e Eterna Aliança,  rua Visconde de Mauá, passando pelo entorno da praça Dom Pedro II, Paço Municipal, seguiu para Av. Sete de Setembro, e retornou para a sede da Comunidade.

Fotos: Marcelo Rock – Fotógrafo voluntário

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários