Escola Catequética dá início a formação de 90 catequistas de todos os setores da Arquidiocese de Manaus

A Escola Bíblico-Catequética Frei Bernardo Cansi, coordenada pela equipe da Catequese Arquidiocesana a Serviço (CAS), realizou a abertura da turma de 2024 no dia 17 de fevereiro, em evento realizado nas dependências da Cúria Arquidiocesana de Manaus.  Ao todo estão inscritos 90 catequistas oriundos de todos os setores localizados na capital de Manaus. Os setores Rios e Cachoeiras e Rio Solimões, que contemplam paróquias dos municípios da região metropolitana, serão contemplados através da criação de pólos da escola catequética.  

Durante a abertura dos trabalhos deste ano, ocorrida na manhã do dia 17 de fevereiro, no Auditório Mãe Paula, na Cúria Metropolitana, o arcebispo de Manaus, Cardeal Leonardo Steiner, fez-se presente e em sua fala destacou a importância de tantos catequistas desejarem participar desta formação e aprofundar o seu conhecimento, tornando-se multiplicador da Palavra de Deus, do amor de Deus, em suas comunidades, nas suas realidades. Ele ainda destacou que a convicção da fé faz com que as pessoas acreditem, se interessem e caminhem na fé, seguindo sua vocação e o que Deus deseja de cada um.

O Cardeal citou exemplos de pessoas que com sua vivência de fé e seu amor a Deus, tornaram-se grandes evangelizadores, como ocorreu com São Francisco de Assis que compreendeu e experimentou o amor de Deus e até hoje evangeliza, forma pessoas com os ensinamentos e vivência que deixou. Segundo o arcebispo de Manaus, as pregações devem enfatizar a beleza da fé, do amor de um Deus que quer nos amar e essa relação de amor faz com que muitas pessoas queiram também conhecer e amar a Deus, e entendem que vale a pena ser bom em Jesus, seguir Jesus.

Dom Leonardo disse aos presentes que a Igreja de Manaus cresce muito com a presença de todos os 90 catequistas inscritos na Escola Catequética deste ano, pois estes desejam aprofundar a fé e assim ajudar a arquidiocese a levar Deus, os ensinamentos de Jesus a mais gente, para todas as comunidades. 

Sobre a escola

Esta Escola Bíblico-Catequética é bem antiga na arquidiocese, tendo iniciado suas atividades em meados dos anos 80 e ao longo do tempo tem formado muitos catequistas, ajudando-os no aprofundamento do conhecimento e de si mesmo, de sua fé, sua espiritualidade, como explica a coordenadora do CAS, Rosália Gaspar.

“Essa escola já existe na Arquidiocese aproximadamente uns 40 anos, já formou muitos catequistas, muitos agentes de pastorais. É uma escola específica para o catequista. Aquele que tem o desejo e o interesse de aprofundar não só o conhecimento, mas a sua maturidade de fé. É um processo contínuo de aprendizado. É uma escola sistemática onde nós aprofundamos vários temas através de módulos, desde a Bíblia até a espiritualidade, passa pelos documentos da igreja, história da igreja, esse processo de iniciação da vida cristã. Então, abarca tudo o que é direcionado para as disciplinas, em cima das orientações da CNBB. Então, nossa escola tem esse foco e é constituída através dos documentos e das orientações. Houve mudança na grade curricular, visto que nós estamos vivendo um processo de sinodalidade e dando ênfase à questão da ecologia. O nosso grande foco está em formar esses catequistas porque eles são de comunidade, eles vêm da comunidade, eles voltam para a comunidade, é lá que eles têm esse papel de ser multiplicador do que eles aprendem, do que eles vivenciam aqui. A nossa formação é também mistagógica e querigmática, com oficinas e isso eles aprendem para fazer na sua base, na sua comunidade”, explicou Rosália.

Primeiro módulo

Após a abertura, foi iniciado o primeiro módulo “Querigma”, com a temática “História da Salvação”, ministrada pela formadora Rose Medeiros.  

Conforme explicou a coordenadora Rosália Gaspar, as aulas acontecem todo o terceiro sábado do mês, das 8h às 17h, no auditório da Cúria Metropolitana e tem duração de 10 meses (fevereiro a novembro), com uma carga horário total de 120 horas, sendo 90h de conteúdo teórico (presencial) e 30h em atividades práticas.  Ao final, os que concluírem o curso receberão um certificado e poderão fazer uma especialização para mais aprofundamento, em curso oferecido pela Faculdade Católica do Amazonas em parceria com a PUC/Minas.

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários