Papa Francisco pede que igreja e sociedade promovam a inclusão de pessoas com deficiência

A Rede Mundial de Oração do Papa apresenta a última intenção de oração do ano. Neste mês de dezembro, Francisco pede que a igreja e a sociedade promovam a inclusão de pessoas com deficiência e que valorizem a sua participação.

Este é um tema importante que envolve questões de acessibilidade, aceitação, respeito e igualdade. A inclusão busca garantir que todas as pessoas, independentemente de suas habilidades físicas, sensoriais, intelectuais ou emocionais, tenham a oportunidade de participar de atividades em todos os espaços que desejarem, afirma o Papa.

“Há necessidade de programas e iniciativas que favoreçam a inclusão. Sobretudo há necessidade de grandes corações que queiram acompanhar. É mudar um pouco nossa mentalidade para abrirmo-nos às contribuições e aos talentos dessas pessoas com capacidades diferentes, tanto na sociedade como dentro da vida eclesial.

Papa Francisco

O convite do Papa para acolher pessoas com deficiência, recorda os feitos de Jesus quando encontrava pessoas fragilizadas, marcadas pela falta de acolhimento. Na intenção, Francisco quer chamar a atenção de que não basta só olhar para as barreiras físicas, mas é necessário que a igreja e sociedade sejam inclusivas e deixar que eles também sejam representados nos serviços eclesiais. Na oração, o Papa pede pela mudança de mentalidade.

“Rezemos para que as pessoas portadoras de deficiência estejam no centro de atenção da sociedade, e as instituições promovam programas de inclusão que valorizem a sua participação ativa.”

Papa Francisco

A Igreja Católica, seguindo os princípios cristãos de amor e inclusão, deve esforçar-se para acolher todas as pessoas, independentemente de suas capacidades físicas ou mentais. Para isto é necessário proporcionar espaços acessíveis, adaptar liturgias e rituais, e promover a inclusão entre os membros da comunidade.

Ouça a matéria em áudio:

Rafaella Amorim – Rádio Rio Mar

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários