Pastoral da Aids realiza conscientização para a erradicação do vírus HIV com medidas de prevenção

No 1º de dezembro é celebrado o Dia Mundial de Luta contra a Aids. O vírus foi identificado na década de 1970 e já matou mais de 40 milhões de pessoas no mundo. Na campanha deste ano, a Igreja Católica destaca o papel de cada um na erradicação da doença, pois além chama a atenção para a necessidade de que as organizações e movimentos de luta contra a Aids serem protagonistas no enfrentamento da epidemia, deseja lembrar que todos têm sua parcela de contribuição. Isso é expresso no slogan da campanha: “O fim da Aids depende também de você”.

“O Dia Mundial da AIDS permanece tão relevante hoje como sempre foi. Lembra sociedade e governos que o HIV não desapareceu. Ainda é necessário aumentar o financiamento para a resposta à Aids, para aumentar a consciência do impacto do HIV na vida das pessoas, para acabar com o estigma e a discriminação e para melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem com o HIV”.

Pastoral da Aids Nacional

De acordo com o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, mais de 1 milhão de pessoas vivem com HIV no Brasil e neste Dia Mundial de Luta contra a Aids, a Igreja Católica destaca que a erradicação do vírus depende de cada um, sendo necessário que todos tenham a clareza do seu papel, do cuidado consigo e com o outro.

“E com esse tema, leva a ter essa clareza, essa consciência de uma contaminação do vírus HIV-AIDS. Dia 1º é o dia de luta contra Aid e nós tivemos como programação, às 17h, na Catedral, a panfletagem para informação, orientação, para que as pessoas vejam a importância de fazer o teste para saber como é que está a situação. Ninguém está isento disso. Sabemos que o contágio, principalmente pelo relacionamento íntimo, e depois tem outros meios, mas o principal é esse. Então, o meio de prevenção e o cuidado depende de cada um, de cada uma, para que realmente tenha esse cuidado de prevenção”

Irmã Irene Todin, da Pastoral da Aids – Regional Norte 1

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários