Pe. Paolo Cugini toma posse como novo pároco da paróquia São Vicente de Paulo

Na noite desta quarta-feira (01/11), o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de  Manaus, Dom Tadeu Canavarros, deu posse ao presbítero Paolo Cugini, como novo pároco da Paróquia São Vicente de Paulo, localizada à Rua Santa Rita, 833 – Compensa III, Setor Avenida Brasil pertencente à Região Episcopal Nossa Senhora dos Remédios. A santa missa foi concelebrada pelo o administrador paroquial, Pe. Geraldo Bendaham, auxiliados pelos diáconos Ronaldo Santos e Ricardo Castro, contando também com a participação de vários comunitários provenientes de todas as sete comunidades que compõem a paróquia.

Durante a homilia, Dom Tadeu falou baseado nas leituras do dia depois salientou um pouco do trabalho missionário de Pe. Paolo que Italiano e um presbitero da Diocesi de Reggio Emilia e Guastalla. A celebração continuou com a renovação das promessas sacerdotais, e logo depois Dom Tadeu realizou a entrega dos três instrumentos que o pároco recebe para desempenhar bem a sua missão: a chave do sacrário; a água do batismo e a estola para confissão, após esse momento o bispo auxiliar declarou Pe. Paolo empossado e apto para desempenhar suas funções de pároco.

“O padre na igreja católica, é um dom que Deus dá para a comunidade, por isso cuidem bem do pároco de vocês”, comentou Dom Tadeu. Antes da benção final, os coordenadores e representantes de cada comunidade fizeram um momento de boas vindas oficial ao novo pároco que, nas suas breves palavras falou um pouco sobre a sua caminhada como missionário no Brasil e também agradeceu o carinho dos comunitários assim também como a indicação dele feita pelo Cardeal Leonardo Steiner, que o comunicou da sua nomeação em 27 de setembro, dia de São Vicente de Paulo.

Sobre o novo pároco

Pe. Paolo Cugini de 1998 a 2013 foi missionário no Brasil no Estado da Bahia, como pároco e professor de filosofia na Faculdade Católica de Feira de Santana. É Doutor em teologia pela Faculdade da Emília Romanha(FTER-IT); tem Mestrado em andamento em direito internacional e migrações pela Universidade de Bergamo (UNIBB-IT). É cofundador da Associação Cultural Moringa (ACMOR) que desde 2005 vem implantando na Bahia (Brasil) para promoção cultural e política.

Acompanhou a formação do Movimento Fé e Política nas cidades de Miguel Calmon e Tapiramutà (Bahia) e do Movimento Moringa na cidade de Pintadas. Nos primeiros anos ajudou a fundar e acompanhar o grupo cristão LGBT de Reggio Emília. E? pesquisador de questões relacionadas com a filosofia francesa do século 20 e a cultura pós-moderna. Sobre esses temas, publicou diversos artigos e livros em revistas e editoras italianas e brasileiras.

Informações e fotos colaboração: Gecivaldo Siqueira

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários