Primeiro Cardeal da Amazônia é acolhido em Cerimônia Civil

“O Papa mais uma vez lembrou da Amazônia”

Foi realizada na tarde deste sábado, 3, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição, o Encontro de Acolhida do Cardeal Arcebispo Dom Leonardo Steiner. A atividade reuniu Autoridades Civis, lideranças da Arquidiocese de Manaus e a imprensa local. A Cerimônia Cívica para receber o Cardeal da Amazônia, contou com a participação do Grupo Gaponga e poesia de Celdo Braga.

Entre as autoridades presentes estiveram: o Governador do Estado Wilson Lima, o Prefeito de Manaus, David Almeida, o General do Exército e Comandante Militar da Amazônia, Aquiles Furlan Neto, o representante da Assembleia Legislativa do Estado, Deputado Estadual Adjunto Afonso, representante do Tribunal de Justiça do Amazonas, Desembargadora Joana Meireles, representando da Procuradoria Geral de Justiça, Alberto Junior, Deputado Federal José Ricardo Wendling, Comandante do 9° Distrito Naval, Vice Almirante, Tadeu Marcos Coelho Lobo, Universidade Federal do Amazonas, Professor Doutor Syvio Mário Puga Ferreira, o Presidente do Tribunal de Contas do Amazonas, Conselheiro Érico Desterro, Bispo da Prelazia de Itacoatiara ,Dom Ionilton Lisboa, Bispo Emérito da Diocese de Coari , Dom Gutemberg Régis, Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira, Bispo Auxiliar Emérito da Arquidiocese de Manaus, Dom Mário Pasqualotto, Bispos Auxiliares da Arquidiocese de Manaus, Dom José Albuquerque e Dom Tadeu Canavarros.

Na ocasião o Arcebispo Emérito Dom Luís Soares Vieira, proferiu algumas palavras ao Cardeal Steiner, afirmando a alegria do povo da Amazônia, “Temos uma voz da Amazônia ao lado do Papa”.

O Governador do Amazonas Wilson Lima (União Brasil), destacou os trabalhados realizados pela Igreja de Manaus e o pastoreio do então cardeal, ressaltando que o Estado está à disposição da Arquidiocese.

“Professo outra fé, mas tenho profundo carinho e respeito pela Igreja Católica. Uma igreja que está a serviço e chega onde a Prefeitura e o Estado muitas vezes não chegam. Muito obrigado”, declarou o Prefeito de Manaus, David Almeida (Partido Democrático Trabalhista).

Leonardo Ulrich Steiner foi intitulado o primeiro Cardeal da Amazônia. O anúncio aconteceu no dia 29 de maio em Roma pelo Papa Francisco. Em 27 de agosto, o Arcebispo de Manaus foi criado Cardeal, passando a fazer parte do Colégio Cardinalício.

“Foi uma surpresa, eu não esperava. O Papa mais uma vez lembrou da Amazônia”.

Cardeal Steiner continua sua missão como Arcebispo da Arquidiocese de Manaus, e está presidente da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia da CNBB e primeiro vice-presidente da Conferência Eclesial da Amazônia – CEAMA.

Rafaella Moura – Rio Mar 

Fotos: Érico Pena

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários