Setor Alvorada realiza segundo encontro de liderança

Agentes de pastoral, coordenadores e lideres de serviços, movimentos, grupos, pastorais da Arquidiocese de Manaus, participaram na noite dos dias 31 e 1 de setembro do 2º Encontro de Liderança do Setor Alvorada que foi realizada na Paróquia Sant´Ana, localizada no Conjunto Hiléia. O encontro contou com aproximadamente 200 pessoas e teve como formadores os padres Ricardo Castro e Amarildo Luciano, além da participação, ao final da segunda noite, de Monsenhor Sabino Andrade, Vigário Episcopal da Região Nossa Senhora dos Remédios, onde está localizada o Setor Alvorada.

De acordo com Carlos André, coordenador leigo do Setor Alvorada, o objetivo foi dar continuidade ao que foi abordado na primeira etapa do encontrão e assim capacitar novos agentes para assumir os cargos de liderança que serão renovados ao fim do mês de outubro e novembro, onde serão escolhidas as novas coordenações nas assembleias do setor e das paróquias e áreas missionárias.

“A primeira etapa aconteceu nos dias 13 e 14 de julho e assim como nessa, também houve a participação de representantes de todas as paróquias e áreas missionárias que compõem o setor e, a ideia destes encontros de liderança surgiu porque esse ano vamos renovar todas as coordenações e por isso houve a necessidade de motivar e incentivar nossos leigos e leigas para assumir coodenações, pois nós temos muitos agentes, mas poucos se dispoe a serem líderes”, explicou André.

Na primeira noite a formação foi com o Pe. Ricardo Castro, do Itepes, que abordou a temática das “relações humanas”, a arte do escutar, conversar e dialogar, de saber lidar com os problemas que os líderes as vezes recebem dos seus agentes e que enfraquecem a sua caminhada, para isso realizou algumas dinâmicas em grupo que incentivasse esse diálogo em conjunto.

Na segunda noite, o vice-provincial dos Redentoristas, Pe. Amarildo Luciano, trabalhou “a espiritualidade do líder- orar para servir melhor”, onde procurou motivar a questão da espititualidade e do líder não esquecer de sua oração pessoal e comunitária, mostrando aos agentes que precisam ter essa vida de oração para que estejam bem e fortaleçam a fé.

Antes do encerramento com a benção final, Monsenhor Sabino disse algumas palavras de incentivo, fazendo uma ótima explanação de como os agentes precisam trabalhar junto à igreja, nessa caminhada com os padres, bispos e cardeal. Após a benção de Monsenhor Sabino, todos puderam ter outro momento de descontração num delicioso coquetel na quadra da igreja. “Esse momento é de suma importância para a formação dos novos líderes que além de manterem a oração diária, também precisam redescobrir o hábito de ler mais em busca de se capacitar constantemente”, disse Monsenhor.

Gostou? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Comentários