Arquidiocese de Manaus

Dom José Albuquerque, Pe. Geraldo Bendahan e Pe. Zenildo Lima celebram 26 anos de sacerdócio

O dia 4 de agosto é um dia muito especial para todo sacerdote, pois nesta data comemora-se a Festa de São João Maria Vianney, padroeiro dos padres. Porém, para Dom José Albuquerque, Pe. Zenildo Lima e Pe. Geraldo Bendaham, essa data marca 26 anos de vida ministerial e foi comemorada em uma celebração realizada na noite desta quinta-feira, em uma missa de Ação de Graças na Paróquia São Vicente de Paulo, localizada no bairro da Compensa III, tendo como concelebrantes o Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Leonardo Steiner, Pe. Manoel Rubson, auxiliados pelo diácono Ronaldo dos Santos.

Os padres receberam a benção das mãos do então bispo emérito, Dom Luiz Soares Vieira. São 26 anos de vida e missão no chão da Amazônia, atuando como pastores nas paróquias e áreas missionárias da Arquidiocese de Manaus. Não há dúvidas que, todos esses anos de caminhada presbiteral a serviço do povo de Deus, os três sacerdotes já possuem uma vasta experiência no meio do povo, por onde já atuaram em diversos serviços. Pe. Geraldo atualmente exerce a função de Coordenador de Pastoral Arquidiocesano; Pe. Zenildo, desde 2016 está como Reitor do Seminário Arquidiocesano São José, que acolhe jovens de oito, das nove dioceses do Regional Norte 1; e Dom José, que atua como bispo auxiliar da Arquidiocese de Manaus desde junho de 2016.  

Antes do fim da celebração, a comunidade fez uma breve homenagem aos três presbíteros, fazendo memoria da vocação de cada um deles e falando da importância e gratidão pelo sim dado à Deus, pedindo a proteção e benção de Deus e Maria e lembrando que, comemorar o aniversário de ordenação é também comemorar a vida, pois a ordenação presbiteral é algo marcante e significativo para igreja, porque reafirma a aliança de Deus com a humanidade. “Acho que Dom Luiz acertou em cheio ao ordenar esses três, um se tornou bispo, outro reitor, e um coordenador de pastoral, mas eu sempre digo uma coisa nas comunidades que eu vou, cuidem bem dos seus padres, pois ninguém é padre sozinho numa paróquia ou comunidade”, finalizou Dom Leonardo. Após a celebração, todos foram convidados a participar do jantar na quadra da igreja, onde as homenagens e o carinhos com os três presbíteros continuaram.

Fotos colaboração: Gecivaldo Siqueira



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *