Arquidiocese de Manaus

Regional Norte 1 CNBB realiza seminário de enfrentamento ao tráfico de pessoas na Maromba

O Regional Norte 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que compreende os Estados do Amazonas e Roraima, realizou de 15 a 17 de junho, de 2022, o Seminário “A força do cuidado no enfrentamento às violências: abuso, exploração sexual e tráfico de pessoas”. No evento participaram agentes de pastoral das nove dioceses e prelazias e representantes das coordenações de organismos e redes da Igreja que atuam no Regional. A atividade tem por objetivo favorecer a formação das lideranças e fortalecer o enfrentamento ao tráfico de pessoas na região.

Dom Edson Damian, bispo de São Gabriel da Cachoeira (AM) e presidente do Regional Norte 1, em sua fala relatou os problemas na região, elementos que,  para ele, favorecem o tráfico humano. “A Amazônia que é imensa e têm desafios enormes. O tráfico de pessoas, tanto para o trabalho escravo, como para a exploração sexual e abuso de menores, acontece com maior facilidade na região, pois as fronteiras são imensas e a segurança e proteção que o estado oferece são mínimas. Também há a dimensão da pobreza e crescente desemprego o que pode levar as pessoas a caírem nas redes do tráfico humano. Então, é muito importante essa formação para os agentes de pastoral, pois a ação do tráfico acontece de forma velada, sutil, na clandestinidade”, destacou o bispo.

Para irmã Eurides Alves de Oliveira, membro da Comissão Episcopal Pastoral de Enfrentamento ao Tráfico Humano da CNBB, “enfrentar o tráfico de pessoas é um compromisso pastoral, um dever social, uma prática e opção política”. O Seminário “A força do cuidado no enfrentamento às violências: abuso, exploração sexual e tráfico de pessoas”, antecede o Seminário das Pastorais Sociais do Regional, que ocorre de 17 a 20 de junho. Segundo irmã Rose Bertoldo, Secretaria do Regional Norte 1, os seminário vêm ao encontro das causas assumidas pelo Regional. “No Regional nós temos causas permanentes que são: o enfrentamento às violências do abuso, exploração sexual, do tráfico de pessoas e do feminicídio e questão do fortalecimento das pastorais sociais. Então, os Seminários acontecem um após o outro o que contribui para o fortalecimento das ações, tanto no enfretamento às violências, como no fortalecimento às ações das pastorais sociais em nível de Regional”.

De acordo com a Ir. Rose Bertoldo, Secretária Executiva da CNBB, o seminário também tem como objetivo capacitar multiplicadoras(res) para atuarem no enfrentamento às violências do abuso, exploração sexual e tráfico de pessoas junto às crianças, adolescentes, mulheres e migrantes. “A Rede Um Grito Pela Vida estava mais a frente da articulação do Regional, após a ultima assembleia ficou estabelecido que este Seminário seria o nosso primeiro compromisso que tem como objetivo capacitar às lideranças das dioceses e prelazias para realizar as ações de prevenção de violência em suas igrejas particulares nos territórios e no âmbito da região, nos estados da Amazônia e de Roraima, pois esse trabalho também se insere a partir de cada pastoral e organismo que existe no Regional”, disse Ir. Rose

Mensagem do Papa Francisco

Na mensagem do papa Francisco para o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas deste ano, ele incentiva a avançar na luta e no enfrentamento ao tráfico de pessoas e toda forma de escravidão e exploração. “Convido todos a manterem viva a indignação – manter viva a indignação!”, disse ele, “e todos os dias encontrar forças para se comprometer com determinação nesta frente. Não tenham medo diante da arrogância da violência. Não se rendam à corrupção do dinheiro e do poder”, conclui Francisco.

Informações e fotos contribuição: Osnilda Lima/ Comunicação Social e 6ª SSB



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *