Arquidiocese de Manaus

Pentecostes 2022 retorna com participação da comunidade católica e Dom Leonardo Steiner alerta para preservação da Amazônia

Após dois anos da pandemia da Covid – 19, a Arquidiocese de Manaus, pôde novamente celebrar o Pentecostes no Centro de Convenções. A atividade reuniu mais de 50 mil féis, vindos das paróquias e áreas missionárias. Padres, diáconos, religiosos, agentes de serviços, pastorais e movimentos fizeram parte da grande festa do Espirito Santo.

Pela primeira vez o Arcebispo Metropolitano, Dom Leonardo Steiner participou do Pentecostes no sambódromo, muito ele ouviu falar e esperava ver muita gente reunida. Segundo ele, o momento é expressão da unidade, recorda o nascimento da igreja e o sambódromo tornou-se um templo vivo da fé do povo amazonense.

Com o tema: Educa-nos no amor e na sabedoria, a edição do Pentecostes 2022 contou com a participação dos educadores ambientais que estiveram orientando o público, sobre o lixo no local, sacolas plásticas foram distribuídas e direcionadas as grandes sacolas. A incitativa teve parceria de cooperativas de reciclagem. Uma forma de educação ambiental, em comunhão com o 5 de junho, em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente e Dia Nacional da reciclagem. Essas ações ajudam a preservar o meio ambiente que é a Nossa Casa Comum, destaca o arcebispo.

Pais e filhos vieram prestigiar a festa, como a agente da Pastoral Familiar da Paróquia São bento, Kathleen Evangelista, que acompanhada do seu esposo Elyjunior Sousa, trouxe o seu filho Gustavo Evangelista pela primeira vez ao pentecostes.

Fiéis vieram diretamente do município de Presidente Figueiredo. Segundo o pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, Padre Marco Antônio, conhecido como padre Marquinhos, mais de 100 comunitários participaram do evento.

Este ano o número de ministros e coroinhas foi maior que os anos anteriores. Foram 700 coroinhas e 700 ministros divididos em tendas em torno de todo o sambódromo para que o maior número de fiéis pudesse receber a Sagrada Comunhão. A coleta aconteceu de forma online e presencialmente, diferencial também para as folhas de cânticos, que este ano não foram impressas, e sim acompanhadas via Qr.Code.

Mais uma vez a Cáritas Arquidiocesana esteve recebendo os alimentos não perecíveis. Estes serão destinados as Cáritas Paroquiais e cada uma a sua realidade, fará a distribuição dos alimentos.

O Pentecostes, palavra de origem grega, significa cinquenta, isto tem ligação por ser uma festa que ocorre 50 dias depois da Páscoa. O momento marca o nascimento da Igreja Católica e é o dia em que o círio pascal é apagado em meio ao povo, este é o sopro do Espírito Santo.

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *