Arquidiocese de Manaus

Procissão e missa campal marcam a celebração dos 105 anos da aparição de N. Sra. de Fátima em Portugal

Com o tema: Maria Mãe Educadora, a festa em honra a Nossa Senhora de Fátima reuniu centenas de fiéis na procissão que saiu às 19h da Igreja de São Sebastião, em direção ao Santuário de Fátima para a missa campal, presidida por Dom Leonardo Steiner, Arcebispo Metropolitano de Manaus. A festa também celebrou os 105 anos da aparição de Nossa Senhora em Fátima em Portugal. Procissão e missa foram transmitidas pela Rádio Rio Mar FM 103,5. 

Nesta sexta-feira, a programação começou às 6h, com a missa da Alvorada Mariana, às 12h com a missa da benção dos pãezinhos e às 19h, teve início a procissão, logo após a missa na Igreja de São Sebastião, de onde a imagem de Nossa Senhora saiu em procissão acompanhadas por milhares de fiéis e devotos que, após dois anos, voltaram a caminhar felizes rezando, cantando e agradecendo suas graças alcançadas.

De acordo com o Pe. Nori José, reitor do Santuário, foram 13 dias de muita fé e devoção a Nossa Senhora, que teve início no dia 30 de abril, com o tradicional trezenário em honra a padroeira. “Concluindo este nosso momento de espiritualidade com este retorno após dois anos de pandemia, com o povo buscando a intercessão da Virgem Maria, participando com muita devoção e fé, superando as nossas expectativas”, disse.

No decorrer da procissão, era visível a alegria estampada no rosto de cada fiel que finalmente puderam demonstrar sua devoção numa caminhada de muita emoção é fé, como no caso de Maria de Fátima Vieira. “Ano passado eu participei desta mesma celebração, só que foi em Fátima (Portugal), foi tudo muito emocionante e, a partir desse ano, pretendo participar sempre desta festa maravilhosa”, disse a fiel emocionada.

Durante a missa campal, Dom Leonardo em sua homilia destacou o exemplo de Maria como mãe, educadora e discípula do mestre. “Nos sentimos acolhidos e aconchegados como as três crianças que viram Nossa Senhora. Por isso que nesta noite viemos recordar o pedido de mudarmos de vida e seguir os caminhos que o pai nos indicou”, comentou o arcebispo.

Informações e fotos colaboração – Rafaella Moura, Rádio Rio Mar 

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *