Arquidiocese de Manaus

CPT Regional e Arquidiocesana se reúnem para convivência e partilha de experiências

No período de 3 a 6 de março, reuniram-se na Casa de Retiro Santana agentes de pastoral da Comissão Pastoral da Terra (CPT), de vários municípios da Arquidiocese de Manaus e da Prelazia de Itacoatiara. Após 2 anos sem encontros presenciais devido à pandemia, a CPT conseguiu realizar este encontro de formação. Segundo a irmã Agostinha, “como sempre, a convivência e troca de experiências foram especialmente enriquecedoras”.

Ao longo dos dias foram realizadas diversas atividades. A primeira noite foi dedicada à escuta sinodal da CPT na Arquidiocese de Manaus. Já no segundo dia de manhã Valeria Regina Gomes da Silva, advogada e Coordenadora Territorial do Memorial Chico Mendes, dialogou com os participantes do encontro sobre vários conflitos de terra no Estado do Amazonas, esclarecendo sobre várias situações fundiárias e seus impactos socioambientais.

Irmã Jeane Bellini, da CPT Nacional, apresentou a Missão e Metodologia da CPT e Manuel da Carmo, filosofo e teólogo e agente da CPT da Arquidiocese de Manaus apresentou a integração da CPT nas pastorais das dioceses e prelazias no Amazonas.

O encontro também serviu para acolher duas irmãs que chegaram em Manaus faz pouco tempo e pretendem somar com a Rede Grito pela Vida e a CPT. Aos poucos, vai se criando uma rede de articulações entre as pastorais e outras entidades que apoiam e acompanham as comunidades tradicionais, ribeirinhas e indígenas.

Por Luis Miguel Modino – assessor de Comunicação CNBB  Norte 1 – AM e RR


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *