Arquidiocese de Manaus

Pastoral da Sobriedade e o trabalho com dependentes químicos

A Pastoral da Sobriedade é uma ação concreta da igreja e existe no Brasil desde 1998, quando foi instituída em uma assembleia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a CNBB. Na Arquidiocese de Manaus ela foi implantada em 2001.

O objetivo e missão da Pastoral da Sobriedade é evangelizar pessoas com dependência química, apresentando o amor incondicional, gratuito e misericordioso do pai, anunciando Jesus Cristo libertador através do serviço, do diálogo e do testemunho de comunhão fraterna, integrando fé e vida e promovendo a dignidade da pessoa e da família, contribuindo para a construção de uma sociedade justa e solidária.

Segundo a coordenadora Rosineide Silva, a pastoral é um grupo de auto – ajuda que envolve família e dependentes químicos e está aberta para a sociedade em geral que deseja conhecer o trabalho. A pastoral oferece um Programa de Vida Nova com os 12 passos es estão nas diretrizes de evangelização da CNBB.

Admitir, confiar, entregar, arrepender-se, confessar, renascer, reparar, professar a fé, orar e vigiar, servir, celebrar e festejar, são os passos vivenciados periodicamente para quem participa do organismo.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde – OMS, o alcoolismo é uma doença que mata mais de 3 milhões de pessoas por ano em todo o mundo. Segundo o Ministério da Saúde, a dependência está relacionada a transtornos emocionais.

Para quem deseja conhecer a Pastoral da Sobriedade e realizar a formação, entre em contato pelo telefone 991427475.

 

Ouça a matéria completa:

 

 

 

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar 



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *