Arquidiocese de Manaus

Organizações e movimentos promovem reflexão para o dia mundial de Enfretamento ao Tráfico Humano

O Dia Mundial de Oração Contra o Tráfico de Pessoas foi instituído em 2015, pelo Papa Francisco. Anualmente no dia 8 de fevereiro é realizada uma programação á nível mundial, com a campanha: “Acenda uma vela contra o tráfico. A edição de 2022  tem como tema: “A insegurança das mulheres que são vítimas da vulnerabilidade socioeconômica mundial”.

Há oito anos a data especial de reflexão é celebrada dia 08 de fevereiro, dia de Santa Josefina Bakhita, vítima do tráfico humano. A realidade da Santa Bakhita é semelhante à vida de milhares de mulheres, homens e crianças vítimas de uma das piores chagas da humanidade, destaca a integrante da Rede Um Grito pela Vida em Manaus, irmã Rose Bertoldo.

Nesta terça – feira, 8 de fevereiro, a Rede Um Grito pela Vida  estará  realizando uma sensibilização no Santuário de Nossa Senhora Aparecida distribuindo a Oração de Santa Bakhita, para os comunitários e na Paróquia São Sebastião com a distribuição de materiais de divulgação.  A Rede Talitha Kum elaborou um roteiro de celebração para que Paróquias, áreas missionárias e comunidades estejam em oração neste dia.

Anualmente acontece a Campanha Coração Azul em nível nacional. No Amazonas é promovida pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania – Sejusc. Segundo a Chefe do Departamento de Promoção e Defesa dos Direitos da Sejusc, Gabriella Campezatto, são realizadas abordagens educativas e conscientização da população.

No Angelus do último domingo, 6 de fevereiro, o papa Francisco destacou o Dia Mundial de Oração pelo Tráfico Humano afirmou que “Esta é uma ferida profunda, infligida pela vergonhosa busca de interesses econômicos sem nenhum respeito pela pessoa humana”.

Denuncie, disque 100 ou ligue no 180.

Ouça a matéria completa:

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *