Arquidiocese de Manaus

Pe. Bruno Bach toma posse como novo pároco da Paróquia São José – Belo Horizonte

O Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Leonardo Steiner, deu posse ao Pe. Bruno Bach como o novo pároco da Paróquia São José – Belo Horizonte, situada à R. Nossa Sra. da Consolação, 17 – Adrianópolis. A celebração teve início por volta das 19h30 deste sábado,  5 de fevereiro, e teve como concelebrantes os padres Danival Lopes, Alcimar Araújo e Edson Ausier, antigo pároco que conduziu a paróquia ao longo de 21 anos, além também de vários amigos e agentes de pastoral da antiga paróquia de Pe. Bruno.

Padre Bruno Bach, é nascido em Florianópolis – Santa Catarina, e incardinado na Diocese de Alagoinhas, na Bahia, que é muito agraciada por ter muitos padres e por isso, muitos saem para missão, contribuindo em diferentes regiões do Brasil e desde 2017 está na Amazônia, lugar que escolheu para viver esta experiência missionária. Ano passado ele completou 25 anos de sacerdócio, em uma missa celebrada comemorando também o Jubileu de Prata de Dom José Albuquerque, Pe. Geraldo Bendaham e Pe. Zenildo Lima.

Antes de assumir a nova paróquia, Pe. Bruno atuou por quatro anos como pároco da Área Missionária Sagrada Família, localizada no bairro Japiim II, Setor Santa Rita de Cássia, sendo o sucessor de Pe. Danival. Antes disso, logo que chegou à região norte, passou seis meses na Paróquia São João Batista, no município de Iranduba, trabalhando com Pe. Alcimar, para conhecer e se ambientar melhor à nossa realidade amazônica.

Durante a homilia, Dom Leonardo ressaltou a importância de avançarmos para águas mais profundas, para aprofundar nossa fé assim como Ele fez com os discípulos no momento da pescaria e não se deixar se tomar pela frustação do insucesso, pois é justamente nessas horas que Jesus nos pede para lançar a rede outra vez, mas não no raso e sim em águas mais profundas. Depois deu as boas vindas ao novo pároco  explicando para a assembleia a função que o pároco exerce mas que deve sempre caminhar junto com a  comunidade.

“Hoje recebemos um novo padre, mesmo já estando em tantos outros lugares, para Pe. Bruno é um novo desafio, novas comunidades, novos rostos que ele tem como tarefa conduzir para aguas mais profundas, pois a primeira missão do pároco é levar a todas as pessoas a se aprofundar na fé e mostrar a beleza da vida de Jesus, cada vez mais amado e anunciado. A segunda tarefa é fazer com que reconheçamos a nossa fraqueza e buscarmos juntos dos sacramentos a vida na fé”, disse o arcebispo.

Ao final da homilia, Pe. Bruno realizou diante a renovação das promessas sacerdotais e Dom Leonardo concluiu o rito de posse com a entrega ao novo pároco da chave do sacrário, do óleo dos catecúmenos e da estola roxa, representando alguns símbolos do seu sacramento que serão usados no decorrer da sua missão. “Eis aí seu novo pároco”, disse Dom Leonardo ao apresentar oficialmente Pe. Bruno que foi acolhido por uma calorosa salva de palmas. Além de pároco, Pe. Bruno também atua como coordenador da pastoral da saúde da Arquidiocese de Manaus.

Agradecimentos e reconhecimentos

“Me ajude a ser padre e eu lhe ajudarei a ser bispo, me ajudem a ser padre e eu lhe ajudarei a ser cristãos”, disse Pe. Bruno ao fazer seu agradecimento ao final da celebração. Pe. Bruno também agradeceu ao seu antecessor Pe. Edson, por todo trabalho realizado na comunidade por tantos anos, assim também como a presença dos padres Alcimar e Danival, que foram tão importantes principalmente em sua chegada à Arquidiocese de Manaus, além de agradecer à participação dos paroquianos da Área Missionária Sagrada Família e aos seus novos paroquianos onde vai desenvolver sua nova missão.

Uma das paroquianas da Área Missionária Sagrada Família que vieram se despedir e desejar boa sorte na nova caminhada foi a dona Maria Jocila Martins de Andrade, mais conhecida como dona Jova, Ministra da Eucaristia da comunidade Jesus Luz dos Povos. “Pe. Bruno é uma pessoa maravilhosa e muito querido, vai fazer muita falta, sentiremos saudade mas sabemos que a vida de um servo de Deus é assim, tem que servir a messe e tenho certeza que aqui ele também vai fazer um bom trabalho”, comentou dona Jova.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *