Arquidiocese de Manaus

Missa do Galo na Catedral é marcada com ceia para pessoas que vivem em situação de rua

Na noite desta sexta-feira (24/12), centenas de fiéis acompanharam a tradicional Missa da Vigília de Natal, conhecida pelos cristãos como Missa do Galo, na Catedral de Nossa Senhora da Conceição. A celebração teve início às 20h e foi presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Leonardo Steiner, e concelebrada pelo pároco Pe. Hudson Ribeiro e, esse ano teve como referencial a ceia oferecida após a celebração para as pessoas que vivem em situação de rua. Os que não puderam comparecer à igreja da Matriz, puderam acompanham a transmissão ao vivo pela TV Encontro das Águas e Rádio Rio Mar em 103,5 MHz.

A celebração começou com a procissão de entrada estando a assembleia com velas acessas simbolizando a chegada de Cristo e com o arcebispo dando a benção inicial e recordando o nascimento de Jesus. Para Dom Leonardo, o Natal é tempo de celebrar a vida humana e de compreender Deus, principalmente, por conta das perdas na pandemia. “A vida é feita de dores e separações. A vida que é vida passa pela morte. Que esse Natal nos ajude a entender a grandeza da vida humana e compreender o quanto somos dignos e preciosos aos olhos de Deus”, disse Dom Leonardo.

Outro momento importante e muito aguardado foi quando Dom Leonardo, em companhia de uma familia, levou a imagem de Jesus Cristo recém-nascido ao presépio montado na entrada da Catedral, retratando o momento do nascimento do filho da Virgem Maria, fechando esse momento com o povo cantando enquanto o arcebispo dava a benção do presépio e fazia a incensação.

Diferentemente do ano passado, este ano o público teve mais participação presencial, mas ainda tomando os devidos cuidados  para evitar a proliferação do Covid-19. Dona Sara Moura lembra que em 2020 assistiu a Missa do Galo pela internet e, neste ano, fez questão de estar presente com a família na celebração. “Eu sempre venho à missa, ano passado não teve, tivemos que assistir on-line. Esse encontro físico na igreja, durante esse período de Natal, me fez muita falta. Eu resolvi que hoje, chovendo ou não, de qualquer jeito estaríamos aqui. Eu acredito muito que a educação religiosa dentro da nossa casa é o que mantém a nossa força durante os dias difíceis, como na pandemia”, comentou.

Ceia com pessoas em situação de rua 

Após a celebração da Missa do Galo, Dom Leonardo e o pároco participaram de uma ceia natalina para 200 pessoas em situação de rua, promovida pelo empresário Tadeu Seixas em parceria com a Arquidiocese de Manaus tendo como apoio a Pastoral do Povo da Rua e, para evitar muita aglomeração, a ação solidária aconteceu em dois locais: uma ocorreu no Centro de Acolhida Dom Sergio Castriani, localizado ao lado da Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, na rua Miranda Leão, Centro da capital que acolheu 100 pessoas e a outra ceia natalina ocorreu na área do museu dentro da Catedral.

De acordo com o senhor Tadeu, a patrocínio da ceia aos pobres é uma forma de agradecer e retribuir uma graça recebida. “Eu sempre tive o desejo de fazer uma ação dessas e a primeira vez que realizo, servimos peru e pernil assado, salpicão quente de frango, arroz e farofa, refrigerante e água. Foi um prazer todo nosso, meu, da minha família e da minha equipe, nós que agradecemos à arquidiocese a oportunidade de participar de um evento desse”, disse o empresário.

A arquidiocese também contribuiu para a Noite Feliz do povo da rua distribuindo presentes e panetones para os participantes, além de um enxoval completo para duas gestantes. Para Pe. Hudson, a ideia é uma forma de atender a um pedido do povo da rua. “Mais importante do que a refeição, nós avaliamos que o que vale mesmo nesse gesto solidário é ver a alegria da partilha, pois esse é o sentido do Natal que é Jesus que se doa e torna mais bonito esse momento da ceia”, comentou o pároco.

Informações colaboração: Anna Kelly

Fotos colaboração: Arquivo Pastoral do Povo da Rua



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *