Arquidiocese de Manaus

“Salve, Maria! Padroeira do Amazonas” é o hino vencedor do Prêmio Imaculada

A Arquidiocese de Manaus, por meio da Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição, promoveu a 1ª edição do Concurso Prêmio Imaculada, que teve por objetivo escolher o Hino da Padroeira do Estado do Amazonas e da Arquidiocese de Manaus, cuja audição dos 10 finalistas aconteceu na noite deste sábado (4/12), dentro da Igreja da Matriz após a novena da Imaculada, contando com a presença de familiares e amigos dos compositores.

Foram 10 belíssimas canções apresentadas por seus autores e interpretes que foram avaliados pela comissão julgadora formada por: Frei Paulo Xavier; Ir. Maria Aparecida Batista; Sônia Rita da Silva e Marcelo Leite Bargas, após a apresentação dos finalistas, o hino escolhido foi o “Salve, Maria! Padroeira do Amazonas”, tendo como autoras Raucielle Gama de Souza (letra) e sua irmã, Eliana Gama de Souza (melodia), ambas pertencentes à paróquia Nossa Senhora do Carmo.

As inscrições para a 1ª edição do Concurso Prêmio Imaculada tiveram início no dia 20 de setembro e finalizaram no dia 28 de outubro. No dia 1° de novembro, a comissão organizadora apresentou a homologação dos 20 inscritos e, no dia 23, a comissão divulgou as 10 canções classificadas para a fase final. De acordo com o pároco e idealizador do evento, Pe. Hudson Ribeiro, mais importante do que o resultado final é a intenção de todos os inscritos que já são vencedores, por terem colocado em cada canção muito carinho, muito afeto, ternura e filiação à Nossa Senhora.

“Eu sei que vocês são devotos de Nossa Senhora e, mais do quê uma canção vencedora ou um hino vencedor, todos nós somos vencedores, porque junto com vocês, os 10 finalistas e os outros 10 que também se inscreveram, nos ajudaram a cantar, nos ajudaram a orar e confirmaram o quanto querem bem a Imaculada por meio da fé de vocês e hoje queremos celebrar tudo isso e homenagear Nossa Senhora, pois ao olhar para Maria, nós olhamos para o filho. Muito obrigado pela seriedade que todos vocês encararam esse concurso e, no final, quem sai ganhando é a Igreja, os devotos, e todo o povo de Deus”, disse Pe. Hudson.

De acordo a compositora, Raucielle Gama, o hino foi uma inspiração do Espírito Santo e foi inscrita em 10 min. “A ideia para composição surgiu ao assistir uma novena on-line do Pe. Hudson, quando ele convocou a todos a se inscreverem para esse concurso. Naquele momento em senti em meu coração um chamado e, mesmo sem notebook nem nada eu comecei a escrever no bloco de notas do celular e, em dez minutos a música nasceu, me emocionei muito ao perceber que a letra se encaixava em tudo que o edital pedia e depois disso o outro passo foi compor a melodia que fiz com a ajuda da minha irmã”, disse emocionada.

 

Sobre o prêmio e o troféu

 

Além do prêmio no valor de 5mil reais que a composição vencedora levou, as autoras Raucielle e Eliana também levaram para casa um belo troféu criado pela designer Carla Batista, que antes de iniciar as audições, foi conduzido até o altar pela artista e coreografa Mara Pacheco ao som da canção Ave Maria. 

 

“Todo projeto de design começa com o direcionamento, que no caso do troféu foi passado pelo Pe. Hudson, que foi pensado como algo único que a pessoa teria em casa não só um troféu com a cabeça de N. Sra. coroada com suas estrelas, mas também um artigo de decoração que serve como uma luminária. Um projeto devocional, inspirado na própria imagem da Imaculada”, explicou a designer Carla Batista.

 

Conheça o hino: 

 

Letra:

Salve, Maria! Padroeira do Amazonas

Salve Maria, salve!
Imaculada Conceição
Padroeira do Amazonas
A ti nossa devoção (bis)

Doce, Pura, Imaculada
Sem pecado original
A serpente foi derrotada
Ó vitória triunfal

Tu és cheia de muita graça
Virgem Mãe do Salvador
Deste solo tu és senhora
Mãe dos Pobres, Mãe do Amor

O amazônida te implora
Intercede a Deus por nós
Protegei nossa fauna e flora
Nossos rios e igapós

Virgem Mãe és flor da floresta
Vinde todos venerar
Alegria do povo em festa
Vamos juntos celebrar

 

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *