Arquidiocese de Manaus

Jornada Mundial dos Pobres: Café da manhã é oferecido a pessoas em situação de rua

No último fim de semana, as Comunidades e Movimentos, Paróquias e Áreas Missionárias da Arquidiocese de Manaus realizaram diversas atividades concretas que marcaram a Quinta Jornada Mundial dos Pobres, atendendo ao convite do Papa Francisco de refletir formas que aliviem o sofrimento daqueles que estão vivendo em situação de pobreza, e ir até os pobres e vulneráveis, visitando-os em suas casas, nos hospitais e nas casas de assistência, nos centros de refúgio e de acolhimento, ou nas ruas onde se abrigam.

No sábado, a Pastoral do Povo de Rua, a Comunidade Nova e Eterna Aliança e a Fraternidade “O Caminho”, em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania – SEJUSC, realizaram uma ação com as pessoas em situação de rua do centro da cidade. Houve uma mostra com banners, momento de reflexão da mensagem do papa Francisco para o Dia do Pobre, oração e distribuição de café da manhã, e além disso, conforme Frei Dimas,  responsável pela Casa Masculina da Fraternidade “O Caminho”, foi um momento de estar junto daqueles foram colocados à margem da sociedade.

Segundo o  diácono Ruzeval Cardoso, da coordenação da Pastoral do Povo de Rua, esta foi uma semana para refletir a necessidade de se ter um olhar fraterno sobre os pobres e que eles são irmãos que precisam de ajuda, precisam ter seus direitos assegurados.

E domingo, no dia do pobre, durante a celebração eucarística realizada na Catedral, o arcebispo Dom Leonardo Steiner agradeceu a todos que ajudam com doações diversas e com o serviço de visitação, acolhimento e assistência aos mais necessitados.

 

Fotos:  Comunidade Nova e Eterna Aliança



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *