Arquidiocese de Manaus

Arquidiocese de Manaus apresenta subsídios de escuta da Assembleia Sinodal em reunião do Conselho Pastoral

A Arquidiocese de Manaus realizou na manhã deste sábado (11/09), o encontro do Conselho Pastoral Arquidiocesano, onde entre outras pautas estava a apresentação dos subsídios de escuta da Assembleia Sinodal Arquidiocesana que os grupos, movimentos e pastorais estarão recebendo de forma eletrônica. A Família foi escolhida como tema de estudo deste primeiro subsídio que tem como objetivo favorecer iniciativas de encontros em família, afim de que se reúnam ao redor da Palavra de Deus para ouvir e falar, rezando e percebendo os novos caminhos que o Espírito Santo vai suscitando no meio de nós.

Fora a apresentação dos subsídios de escuta da Assembleia Sinodal Arquidiocesana, também foi tratado de outros assuntos como a programação do Mês Missionário, a Campanha da Fraternidade 2022 e os comunicados das pastorais e movimentos. Logo após a oração inicial e acolhida aos presentes, o arcebispo Dom Leonardo Steiner, fez uma breve apresentação explicando de forma clara e sucinta sobre sínodo, sinodalidade e a importância de se fazer o estudo desses subsídios que foram criados carinhosamente pela comissão para facilitar o “caminhar juntos”, principalmente com as comunidades mais distantes, ribeirinhas e do interior que se sentem abandonadas, mas que agora poderão serem ouvidas como uma igreja sinodal.

“Sinodalidade é a força e a energia de caminhar juntos, vai ser uma caminhada longa mas necessária, por isso a participação do Processo de Escuta não é apenas parte do caminho, mas é a própria maneira de caminhar, meio pelo qual perceberemos “onde estamos presentes” e “como estamos presentes” como Arquidiocese de Manaus. Assim, a sinodalidade não é o ponto de chegada da Assembleia, mas seu processo. Desejamos que todos e todas sintam-se animados, envolvidos e comprometidos neste processo sinodal. Que São José e a Imaculada Conceição nos acompanhe nesta caminhada juntos e juntas, rumo ao Reino de Deus”, disse Dom Leonardo

De acordo com o coordenador arquidiocesano de pastoral, Pe. Geraldo Bendaham, serão encontros oracionais, meditativos, de reflexão da presença de Deus mas olhando para a nossa realidade. “A comissão arquidiocesana da Assembleia Sinodal, decidiu que os subsídios serão trabalhados em formato de círculo bíblicos, onde os encontros são feitos rezando, meditando, escutando a Palavra de Deus, perguntando e respondendo, por isso pedimos à Deus e a Nossa Senhora, que todos levem à frente com muito amor e comprometimento para que esse processo funcione”, explicou Pe. Geraldo

Este é o primeiro subsídio de uma série de outros que virão e serão destinados à diversos públicos com realidades diferentes, como: Indígenas, Pastorais, Presbíteros, Diáconos Permanentes, Ribeirinhos, Vida Consagrada, Laicato e Juventude, que serão lançados também em breve. “Todo esse processo de oração, de escuta, de perguntas e respostas, já é uma experiência sinodal, já é um encontro de evangelização, já é um encontro de participação e comunhão, já é a missão acontecendo, por isso não devemos simplesmente fazer por fazer e sim vivenciar bem esse momento que já vai nos educar e preparar para as missões”, disse Pe. Geraldo.

Orientações para o estudo do subsídio

  • Este subsídio está organizado como círculo bíblico, tendo a Palavra de Deus como centro. Por isso, o uso e destaque para a Bíblia é importante.
  • São três encontros para as famílias, um para cada mês (setembro, outubro e novembro), os quais devem ser preparados com antecedência.
  • As contribuições e respostas devem ser anotadas com fidelidade pelo(a) secretário(a) do encontro e encaminhadas até 15 de dezembro de 2021 para o seguinte endereço: pastoralexecutiva@gmail.com.
  • Desejamos receber as contribuições de cada família, não necessitando que paróquias e áreas missionárias realizem o trabalho de síntese das respostas.
  • É necessário que todos se disponham a escutar e silenciar, respeitando o que for dito e rezando pelo que estiver sendo partilhado.

Fotos colaboração: Arquivo dos integrantes do Conselho Pastoral



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *