Arquidiocese de Manaus

Arquidiocese de Manaus emite orientações pastorais para o retorno das atividades presenciais

Há mais de um ano vivemos umas das maiores crises sanitárias do planeta, a chegada de um vírus desconhecido e invisível, mudou a vida de milhares de pessoas.  O cuidado comum, uso de máscaras, álcool em gel, a higiene e distanciamento social, fizeram parte das obrigatoriedades para a prevenção da Covid-19.

O lockdown foi a primeira iniciativa para tentar frear a disseminação do vírus. A pandemia não só trouxe riscos a saúde, mas mexeu com a economia global. Uns respeitaram as medidas e outros duvidaram dela, o que ocasionou vítimas.

A igreja teve que fechar as portas dos templos, mas não parou. Missas foram transmitidas pelas mídias sociais, campanhas para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade, orações, encontros virtuais, fizeram com que a igreja permanecesse viva e atuante em momentos tão difíceis.

Entramos em um novo ciclo, é momento de retomada. Diante disso, seguindo todos os protocolos exigidos pelas autoridades de saúde e de acordo com o momento atual no estado do Amazonas, a Arquidiocese de Manaus por meio do Arcebispo Metropolitano, Dom Leonardo Steiner, emitiu uma nota com orientações pastorais nessa sexta-feira, sobre o retorno das atividades e encontros nas paróquias e áreas missionárias.

O arcebispo reafirma o cuidado e compromisso que devemos ter na volta dos encontros.

Agentes de pastorais ficaram meses sem reuniões e partilhas, e aguardavam ansiosos para rever amigos de caminhada. Segundo a integrante do Conselho Missionário Diocesano – COMIDI, Rosa Maria Santos, a volta é festiva, mas deve ser cautelosa.

O assessor da Pastoral do Dízimo, Padre Leudo Santos destaca que o momento é de graça e solidariedade.

A vacina é a dose de esperança em dias melhores, mas é necessário cuidado, a pandemia ainda não acabou, afirma o infectologista, Antônio Magela.

O infectologista ressalta que a vacina é importante, mas que as medidas preventivas como uso de máscara e álcool em gel também são essenciais.

Você encontra a nota na íntegra no site da arquidiocesedemanaus.org.br.

Ouça a matéria na íntegra:

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar 



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *