Arquidiocese de Manaus

Paróquia São Francisco das Chagas celebra a posse de seu novo pároco, Pe. Rubson

Às 19h deste sábado, 3 de julho, na igreja São Francisco das Chagas, localizada no bairro Colônia Oliveira Machado, o Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Leonardo Steiner, deu posse ao presbítero Pe. Manoel Rubson Balieiro de Vilhena (diocesano), como novo pároco da Paróquia São Francisco das Chagas. A missa foi concelebrada pelo Pe. Zenildo Lima, Reitor do Seminário Arquidiocesano São José e por Pe. Geraldo Bendaham, antigo pároco que agora atuará somente como Coordenador Arquidiocesano de Pastoral e um dos articuladores da Assembleia Sinodal Arquidiocesana.

Após a procissão de entrada, realizada com a participação dos grupos e forças vivas que atuam na paróquia e as boas vindas do Arcebispo, Dom Leonardo convidou Pe. Rubson a fazer a Profissão de Fé e Juramento de Fidelidade em frente ao altar.  Ao fim de sua homilia, Dom Leonardo agradeceu ao Pe. Geraldo pela dedicação à paróquia ao logo de quase 5 anos e deu as boas vindas ao Pe. Rubson por ter aceito o desafio de estar a frente de mais uma parte importante do povo de Deus de nossa Arquidiocese. “Pe. Rubson, você que já foi pároco em várias comunidades sei que aqui não será novidade, mas só peço uma coisa, que o senhor seja a presença de Jesus no meio da comunidade a partir do evangelho”, disse Dom Leonardo.

Na sequencia, deu-se início ao rito propriamente dito com a renovação das promessas sacerdotais e o recebimento de alguns símbolos que caracterizam o exercício do pároco nas comunidades. Ao fim da celebração, Pe. Geraldo disse algumas palavras de incentivo e motivação a comunidade para que continue o trabalho por ele realizado e também recebeu o agradecimento da comunidade. Pe. Rubson também disse algumas palavras de agradecimento à acolhida. “Quero me comprometer a ser presente no meio da realidade desta comunidade e saber escutar e caminhar junto com vocês. Vamos trabalhar juntos e que Deus abençoe todos nós. Muito obrigado”, disse Pe. Rubson



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *