Arquidiocese de Manaus

Atenção à saúde mental é missão que une ciência e cuidado solidário, destaca Papa Francisco

Na manhã dessa sexta feira, o Papa Francisco dirigiu a palavra aos participantes da II Conferência Nacional da Saúde Mental na Itália. E afirmou que é necessária atenção a essas pessoas que tem a saúde mental afetada.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde – OMS, somente em 2019 mais de 700 mil pessoas cometeram suicídio. São dados alarmantes e crescentes dia a dia. A saúde mental foi bastante agredida durante a pandemia e muitas pessoas passam por sequelas que podem ser irreversíveis.

De acordo com a psicóloga Laena Portela, a pandemia ocasionou muitas crises emocionais, pois foi momento em que as pessoas começaram a ter um contato maior com as suas próprias emoções.

Laena trás dicas de como cuidar das emoções e importância de buscar ajuda.

O papa ressaltou o desejo de que a conferência inspire outras organizações da sociedade a pensar e refletir sobre o assunto.

 

Ouça a matéria completa

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar 

 

 



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *