Arquidiocese de Manaus

São José é destaque na igreja como exemplo de paternidade

A igreja católica celebra os 150 anos de São José, padroeiro da Igreja Universal, por essa ocasião o Papa Francisco lançou o ano dedicado a São José. Os templos em todo o mundo estão realizando atividades a cerca da temática.

Na Arquidiocese de Manaus estão acontecendo novenas e a peregrinação de imagens do padroeiro nas comunidades, paróquias e áreas missionárias.

A figura paterna de São José deve ser observada nas entrelinhas, um homem honesto, trabalhador, mas que também soube expressar amor a um filho do coração. Isso mesmo, Jesus foi um filho do coração, já que São José foi seu pai adotivo.

Existem muitos Josés, pessoas que adotam histórias, adotam vidas, como é o caso da Marilene Sales que adotou um bebê recém – nascido. Ela é mãe de 3 meninas geradas no ventre, duas hoje já falecidas e de um rapaz de 27 anos que é filho do coração.

Enquanto uns pais adotam, outros que geram não se importam com os filhos, nem mesmo em conceder o sobrenome.

Alguns filhos durante toda a infância não tiveram a presença do pai e nem mesmo de familiares paternos. Um jovem que não quis se identificar, destaca que o pai nunca lhe fez falta e que não ter o nome no registro não faz diferença.

Segundo a Associação dos Notários e Registradores do Amazonas – Anoreg/AM, do ano de 2011 até 2019, 21.561 pessoas foram registradas sem o nome do pai.

O psicólogo Isaac Oliveira, ressalta o impacto causado no desenvolvimento da criança até a vida adulta, sem a presença afetiva de um pai.

O Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Leonardo Steiner, destaca a figura de São José como exemplo de amor e doação.

São José padroeiro da Igreja Universal, rogai por nós!

 

Ouça a matéria completa:

 

 

 

 

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar 



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *