Arquidiocese de Manaus

Pastoral Operária emite carta em alusão ao dia do trabalhador

Dia 1° de Maio é conhecido como Dia Internacional do Trabalhador. A data é feriado nacional no Brasil, Portugal, Rússia, França, Espanha, argentina e em outros países e representa um dia de luta pelos direitos de tantas operárias e operários, além de ser um dia das empresas refletirem sobre os direitos trabalhistas e normas de trabalho.

A Pastoral Operária é uma pastoral social da Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Sua atuação é destinada especificamente a classe trabalhadora no serviço da evangelização e reflexão a luz da Doutrina Social da Igreja.

Em Manaus a pastoral é coordenada por 6 mulheres e em seu corpo de membros, somente mulheres participam.  O Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental – SARES é um dos parceiros da Pastoral Operária e juntos desenvolveram uma mensagem em alusão ao dia do trabalhador.

Um dos trechos da mensagem ressalta o Pacto pela Vida e pelo Brasil, que é a união da igreja em defesa da vida, dos direitos básicos

O coordenador do Sares e parceiro da pastoral operária, Padre Paulo Tadeu destaca a urgência do pacto que pede a continuidade do auxílio emergencial, direito a saúde, defesa do SUS, vacina para todas e todos, oxigênio e investigação a respeito do desvio das verbas que deveriam ser usadas durante a pandemia.

Padre Paulo ressalta a parceria das entidades envolvidas no Pacto pela Vida e pelo Brasil.

Acompanhe a mensagem da Pastoral Operária na Íntegra:

mensagem 1º maio PO Manaus01 (1)

Ouça a matéria completa:

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *