Arquidiocese de Manaus

Vigília de Natal acontece na Catedral com número limitado de participantes

A tradicional Vigília de Natal da Arquidiocese de Manaus, foi realizada na noite desta quinta feira (24/12) às 20h na Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Leonardo Steiner, concelebrada pelo pároco Hudson Ribeiro. A celebração seguiu todos os procedimentos de segurança para evitar a proliferação do vírus e manter à saúde de todos os fiéis, religiosos e leigos, que se fizeram presentes para celebrar mais um aniversário do Nascimento do Deus Menino, o cumprimento das profecias de que um Menino nasceu para nós, o Messias, o Salvador.

Apesar de ser uma das celebrações mais importantes e esperadas do ano, Dom Leonardo ressaltou os cuidados que devemos ter, pois ainda estamos vivendo em tempos de pandemia. “Gostaríamos desse Natal estar com a igreja lotada, todos nós cantando, rezando e celebrando o nascimento de Deus no meio de nós. Isso seria tão gracioso e cheio de bondade,  mas esse ano ainda não foi possível porque ainda  estamos no tempo de pandemia e por isso exige um cuidado muito grande, todos com máscara, mantendo o distanciamento necessário tudo com o intuito de preservar a vida”, disse o Arcebispo.

Porém, mesmo com todos esses cuidados e com uma quantidade bem menor de fiéis, a celebração não deixou de ser emocionante e encantar a todos que participaram. “Toda a celebração de Natal é muito bonita em virtude do significado especial que ela nos traz e hoje não foi diferente e acho que essa precaução tomada foi muito importante, ainda mais agora com o número de casos aumentando e nós sabemos que a Igreja sempre foi uma das que mais ajudou na luta contra o Covid”, comentou Maria Angelina, da paróquia Sagrado Coração de Jesus.

“A centralidade da missa em si é o Cristo Jesus e para mim a celebração teve a mesma emoção dos anos anteriores e talvez hoje ate mais, pois o povo esta mais sedento de Deus e da Palavra e acredito que essa seja uma oportunidade que nós temos de estar cada vez mais com Ele. E  Esse distanciamento é de total importância e acredito que é com essa postura que a igreja católica tem mantido é que vamos conseguir sair dessa situação”, completou Sonia Lima, da paróquia Santo Antônio Comunidade Santa Clara.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *