Arquidiocese de Manaus

Pastoral Operária destaca desemprego ocasionado pela pandemia

O Brasil é a nona economia do mundo, mas o seu povo está condenado a viver ou morrer as mínguas. O Papa Francisco destaca que nós vivemos uma economia que mata.

Com a chegada do novo coronavírus, muitos brasileiros perderam os seus empregos e ficaram com baixa renda.

Segundo o bispo referencial para a Pastoral operária na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Dom Reginaldo Andrietta, dentre a maioria dos 40 milhões dos trabalhadores informais, estão sem renda devido a pandemia.

Dom Reginaldo ressalta que o principal desafio da população brasileira é a sobrevivência dos trabalhadores e de duas famílias.

A luta pela reforma tributária em benefício do povo é necessária, afirma o bispo.

A economista Bianca Mourão destaca que o crescimento do desemprego não tem uma data específica para decrescer, enquanto não houve vacina, o desemprego será presente.

 

Ouça a matéria completa:

 

 

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar 

 

Imagem: Divulgação



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *