Arquidiocese de Manaus

Paróquia São Francisco de Assis realiza entrega de Kits da Campanha Solidária

Uma das novidades que completaram os festejos da paróquia de São Francisco de Assis, localizada na Praça Coari S/N, bairro São Francisco, em honra ao seu padroeiro, foi à realização da Campanha Solidária em parceria com a Pastoral Indigenista que teve como objetivo arrecadar roupas, cestas básicas, kits de higiene e limpeza,  para serem distribuídas entre as 10 comunidades que compõem a paroquia e também entre quatro comunidades indígenas.

“Neste momento que vivemos essa pandemia que gerou essa crise humanitária e ambiental, o conselho comunitário decidiu fazer a Campanha Solidária sendo que, a paróquia já prestava assistência à algumas famílias das 10 comunidades do bairro, mas nós também nos sensibilizamos com a situação dos povos indígenas e, para receber o material arrecadado, foram escolhidas quatro comunidades que estão mais necessitadas neste momento”, explicou o pároco, Pe. Orlando Barbosa.

A Campanha teve início no dia 23 de setembro e se estendeu até 15 de outubro. De acordo com o pároco, a Campanha foi um sucesso, muitas pessoas, comunidades e até instituições participaram. As 170 cestas contendo alimentos, kits de limpeza e higiene foram entregues nos dias 17 e 18, onde o padre e demais agentes pastorais da paróquia São Francisco foram pessoalmente nas comunidades contempladas, não medindo esforços para chegar a cada uma delas, seja caminhando, de ônibus ou até mesmo barco.

“Esta Campanha foi o diferencial dos festejos de São Francisco este ano, foi um modo de cuidar de nós mesmo e também ir ao encontro dos mais empobrecidos e necessitados, como os povos indígenas que estão acometidos de Covid-19 e graças a Deus a Campanha foi um sucesso, cada comunidade rapidamente atingiu a meta de conseguir 10 cestas básicas, outras pessoas e instituições também contribuíram com esta Campanha onde fizemos uma boa arrecadação e assim conseguimos ajudar um pouco algumas famílias”, concluiu Pe. Orlando.

Comunidades indígenas que foram beneficiadas

 – Comunidade Indígena do Branquinho: localizada no Rio Tarumã Açu, é formada por 14 famílias da etnia Tukano. (14 Cestas)

– Comunidade Indígena do Abelha: localizada no tarumã açu, é formada por 56 famílias de oito etnias diferentes: Baré, Dessano, Tuyuca, Tariano, Rubida, Kokama e Miranha. (56 Cestas)

– Comunidade do Cemitério dos Índios: localizada na Zona Norte de Manaus, com cerca de 70 famílias indígenas de diferentes etnias e aproximadamente 350 indígenas. A invasão Cemitério dos Índios tem aproximadamente 2.500 famílias, tanto indígenas e não indígenas, conta também com famílias de imigrantes na sua maioria de remanescentes da invasão Monte Horebe. (70 cestas)

– Comunidade Indígena Urury-estrela Apurinã: localizada na Zona Leste de Manaus, no bairro Val Paraiso, com 30 famílias e aproximadamente 150 indígenas. (30 cestas)

 

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *