Arquidiocese de Manaus

Paróquia São Raimundo celebra a festa de seu padroeiro com missa solene

“Com São Raimundo Nonato somos amados e chamados por Deus” foi o tema do festejo em honra a São Raimundo Nonato, ocorrido no dia 31 de agosto, em solenidade presidida pelo bispo auxiliar de Manaus, Dom José Albuquerque, concelebrada pelos padres Ricardo Pontes, o pároco; Padre Luís Miguel e Padre Hélio; auxiliados pelo diácono Francisco Lima.

Para Dom José, este é um momento muito especial, de provação mas também de muita fé, de muita resiliência, de superação, e os católicos têm muita fé na intercessão dos santos e devem seguir o exemplo de amor que eles tiveram a Cristo e a busca pela santidade.

“Nós católicos damos um grande valor à intercessão dos Santos faz parte do nosso jeito de ser católico. O centro da nossa vida e do existir da igreja é Jesus Cristo. Raimundo Nonato foi Santo por causa de Cristo porque seguiu a Jesus Cristo quis imitá-lo deu um testemunho de amor as pessoas assim como Jesus sempre fez então o costume da gente celebrar a festa dos Santos é para poder a gente também acreditar que a Nossa vocação primeira é a santidade. […] Os santos, antes de tudo, são para nós modelo, exemplo, sinal da presença de Deus, sinal de que o reino está aqui entre nós é claro que os santos podem rezar por nós porque estão perto de Deus, assim como fazem as pessoas que amamos. Quando a gente Celebra a liturgia nós estamos vivendo essa comunhão entre o céu e a terra entre nós, que estamos caminhando nesta vida e aqueles que já estão diante do Altíssimo na presença de Deus e de lá rezam e intercedem por nós para que possamos continuar nossa caminhada de seguimento a Cristo. […] Vamos pedir a graça de Raimundo Nonato para que ele possa nos ajudar a sermos corajosos como ele foi a sermos solidários e fiéis acreditando que Deus nos coloca uma missão, ele nos dá condições de fazer muito bem e de superar toda e qualquer dificuldade que a nossa fé em Jesus Cristo, e seja sempre para nós motivo de grande alegria”, destacou Dom José.



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *