Arquidiocese de Manaus

Casal leigo assume desafio de propagar a animação vocacional na Arquidiocese de Manaus

O casal assumiu a Pastoral Vocacional na Arquidiocese de Manaus no final de 2019. Inicialmente o casal pertencia à Prelazia de Itacoatiara, onde foram catequistas e vocacionados.

Márcio Fernandes participou da Pastoral da Juventude (PJ) e fazia parte da Paróquia Divino Espírito Santo. Já Luciana Ramos fazia parte da Comunidade Nossa Senhora da Conceição, na época Paróquia Nossa Senhora do Rosário, pertencente hoje à Paróquia Cristo Rei.

Em Manaus, fazem parte da Paróquia São José, situada à Rua Belo Horizonte, onde servem como catequistas e no ministério de música.

De acordo com Márcio, o objetivo da nova coordenação é fazer com que os agentes de pastoral sejam os responsáveis pelo cuidado de se cultivar as vocações em todos os espaços, seja em nossos templos ou em outros lugares, principalmente a vocação laical e matrimonial.

Com o projeto, “Cada comunidade uma nova Vocação”, o casal pretende abrir núcleos da Pastoral Vocacional nas bases das nossas comunidades, mesmo sabendo que para isso enfrentarão muitos desafios, pois muitas vezes lidam com o desconhecimento dos fiéis e dos próprios agentes de pastoral, no que diz respeito ao que sejam as vocações e o serviço vocacional.

Uma equipe acompanha a pastoral, afirma a coordenadora Luciana Ramos.

Com a parada das atividades em virtude da pandemia, algumas formações como a “Escola Vocacional” e o “Despertar Vocacional”, que é um encontrão com os jovens da Arquidiocese, não foram realizados, mas os encontros da Pastoral Vocacional continuam pelos meios digitais, com LIVES.

 

Ouça a matéria completa:

 

 

Rafaella Moura – Rádio Rio Mar 



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *