Arquidiocese de Manaus

Arquidiocese de Manaus reabre as igrejas para celebrações com fiéis

Após mais de três meses com missas e celebrações sem a presença de fiéis, a Arquidiocese de Manaus retornou neste fim de semana com suas atividades em paróquias e áreas missionárias. Entre as celebrações mais aguardadas estava a missa realizada aos domingos na Catedral Metropolitana de Manaus, presidida pelo Arcebispo Dom Leonardo Steiner que, durante as últimas semanas foi transmitida pela TV e Rádio Encontro das Águas, Rádio Rio Mar e Redes Sociais da Catedral e nesta manhã, voltou a receber os fiéis. Vale a pena lembrar que este retorno “oficial”, está sendo realizado de maneira gradual e sempre mantendo os cuidados necessários de higiene e evitando aglomerações para não propagar o coronavírus em ambientes eclesiais.

Com certeza esse foi um dos fins de semana mais aguardados por todos os fiéis que estavam ansiosos para poder voltar à casa do Pai, pois as missas presenciais estavam suspensas desde o fim do mês de março, em virtude das orientações provenientes da Arquidiocese de Manaus visando a preservação da saúde dos fiéis neste período de pandemia. No decorrer dessas semanas, a solução encontrada foi acompanhar as celebrações por meio dos veículos de comunicação (Rádio e TV) e também com o auxílio das redes sociais, que realizavam as transmissões ao vivo pelo facebook, youtube, instagram e outras plataformas on-line.

Mas, mesmo com o auxílio da tecnologia e demais meios de comunicação, nada substitui a missa presencial, onde os fiéis podem fazer suas orações, ter seus momentos de reflexão e meditação diante do altar, além de receber a eucaristia, contribuir com o dízimo, receber a benção do sacerdote e até mesmo rever os amigos de caminhada. Tudo isso é apenas uma pequena porcentagem do que os católicos sonhavam em voltar a ter e agora, aos poucos, está voltando a acontecer, de maneira lenta e gradual, pois estamos num período de adaptação ao “novo normal”, onde tudo segue as orientações devidamente estabelecidas por Dom Leonardo e toda uma equipe que, durante todo esse tempo, tentou fazer o possível para preservar a vida em primeiro lugar.

E foi exatamente isso que foi visto na igreja da Matriz durante a celebração presidida por Dom Leonardo e concelebrada pelo pároco, Pe. Hudson Ribeiro. Dizimo, Pascom, Acolhida, Ministros e todas as demais equipes e pastorais estavam devidamente preparadas para melhor receber os fiéis, que chegavam felizes porém de maneira tímida, e aos poucos foram preenchendo, de forma ordenada, todos os lugares pré-estabelecidos nos bancos intercalados que cabiam no máximo três pessoas. Antes mesmo de entrar na igreja, a equipe de acolhida utilizando EPI’s, recebia a todos com as boas vindas e na sequência faziam a higienização dos fiéis com álcool em gel 70%, ao mesmo tempo em que lembravam o uso obrigatório da máscara durante toda a celebração.

Tudo feito para preservar a saúde, respeitar o distanciamento e minimizar o contato físico entre os fiéis, até mesmo durante o ofertório onde entrou em ação a equipe de coleta que foi até os fiéis que estavam nos bancos. O momento da comunhão também recebeu à devida atenção, tendo marcadores no chão sinalizando de onde cada ministro deveria ficar e também, onde deveria ficar cada fiel na fila. A comunhão era distribuída nas mãos e o fiel só tirava a máscara ao se aproximar do ministro para comungar na frente dele. Ao final da celebração, os agentes pastorais orientaram a saída dos fiéis pelas laterais e pela porta principal de forma calma e organizada.

Claro que toda essa recepção feita de maneira super organizada para acolher da melhor forma cada fiel, chamou a atenção dos participantes que aprovaram 100% cada uma das medidas adotadas visando a segurança de cada pessoas presente que, nos gestos mais simples, puderam expressar toda a fé e emoção que estavam sentindo. “Me emocionei muito com essa celebração, principalmente porque eu também peguei o Covid e hoje para mim foi um dia de agradecer a Deus pelo dom da vida e a celebração foi muito linda e organizada, estão de parabéns os realizadores”, comentou Zulmira Guedes, paroquiana do Santuário de Aparecida, que foi foi celebrar na Catedral.

Dom Leonardo, assim como todos, também estava muito feliz por finalmente aos poucos estarmos voltando com as atividades celebrativas presenciais. “Graças a Deus estamos voltando com as celebrações com nossos fiéis em nossos templos, esse foi o primeiro fim de semana e, para nossa surpresa, tivemos um bom número que chegaram e obedeceram as orientações estabelecidas pela arquidiocese. Isso é bom, porque as pessoas perceberam as dificuldades que temos pela frente e, ao mesmo tempo, perceberam a importância de participar das celebrações. Hoje a celebração foi muito tranquila e creio que serão sempre assim e, na medida do possível, aos poucos iremos retornando com a presença de todos”, disse o Arcebispo.

Ouça a matéria de Rafaella Moura:

 

 

 

   



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *