Arquidiocese de Manaus

Arcebispo de Manaus fala sobre o trabalho desenvolvido pela igreja diante da pandemia

A Arquidiocese de Manaus tem acompanhado as determinações das autoridades, também como da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. O arcebispo metropolitano alerta sobre o isolamento e a preocupação com as pessoas que vivem em situação de rua na cidade e que não tem tanta assistência.

Uma das grandes dificuldades enfrentadas no Amazonas é chegar até as comunidades indígenas e ribeirinhas, pelo difícil acesso, ressalta Dom Leonardo.

No Estado do Amazonas o número de casos tem crescido consideravelmente, tornado o estado com um dos maiores índices de infectados, além de estar em estado de calamidade pública.

O arcebispo afirma que falta mais responsabilidade do governo para com estado, além de um maior cuidado para que o coronavírus não seja motivo de outros problemas na sociedade.

Na manhã do dia 16 de abril, o arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Ulrich Steiner, emitiu orientações pastorais que prorrogam por 30 dias a suspensão das atividades presenciais na região metropolitana de Manaus, em virtude da necessidade de conter o crescimento do número de infectados e de óbitos pelo Coronavírus – Convid-19.

Pede que se continue os momentos de orações e leituras da Palavra de Deus em família, pois assim manteremos viva a nossa fé, além da necessidade de exercitar a caridade e solidariedade, cuidando dos irmãos e irmãs mais necessitados, ajudando o trabalho da Cáritas Arquidiocesana, que continua recebendo doações em mantimento e depósito bancário para auxiliar os que se encontram em vulnerabilidade.

Ouça a matéria na íntegra:

 

 

Rádio Rio Mar – Rafaella Moura



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *