Arquidiocese de Manaus

Igreja católica marca história dos povos indígenas

Nós aprendemos nas aulas de história que Pedro Alvares Cabral descobriu o Brasil, mas na verdade o país já era habitado por povos indígenas. Esses povos foram evangelizados pela Companhia de Jesus, também conhecidos como jesuítas. Desde então as tribos foram conhecendo e vivendo o cristianismo.

Muitos indígenas após conhecerem a igreja católica se tornaram catequistas, ministros da eucaristia, as mulheres entraram no convento e os homens no seminário, como o Padre Justino Rezende da etnia Tuyuka.

Segundo Padre Justino, não existe separação entre o indígena. Eles são corresponsáveis pela evangelização em busca do bem de todos

O trabalho do leigo é fundamental para a continuidade da missonareidade da igreja. A coordenadora da Pastoral Indigenista na Arquidiocese de Manaus, Marcivana Satere, relembra que o 19 de abril também é um dia de luta.

 

Ouça a matéria na íntegra:

 

 

Rádio Rio Mar – Rafaella Moura 

 

Foto: Rafaella Moura 



Por: Rafaella Moura



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *