Arquidiocese de Manaus

Arcebispo preside missa de abertura das atividades do Seminário Propedêutico

O Seminário Propedêutico Arquidiocesano Pe. Luiz Gonzaga Sousa, localizado à Rua Natal nº 1, bairro Novo Israel – Setor Padre Ruggero Ruvoletto, recebeu pela primeira vez na noite desta segunda-feira (17/2), a visita de Dom Leonardo Steiner, o novo Arcebispo da Arquidiocese de Manaus que esteve presente para presidir a missa de abertura das atividades da segunda turma de seminaristas do propedêutico. Entre os padres presentes, estavam os sacerdotes que fazem parte da equipe de formação do Seminário Propedêutico, que são: Pe. Manoel Rubson, Diretor Espiritual; Pe. Humberto Vasconcelos, Coordenador da Vida Comunitária; e Pe. Eduardo Santos, Supervisor Geral. A santa missa também contou com a presença do Reitor do Seminário São José, Pe. Zenildo Lima, além dos familiares e amigos dos novos seminaristas, assim como religiosos, religiosas e demais leigos que fazem parte da Arquidiocese de Manaus que foram prestigiar.

A celebração teve início por volta das 19h30, mas Dom Leonardo chegou bem antes para conhecer melhor o local e conversar um pouco com os nove novos seminaristas, sendo três deles pertencentes ao município de Manaquiri, paróquia São Pedro Apóstolo, comandada pelo Pe. Hilton Brito, que também estava presente durante a celebração. Dom Leonardo após as boas vindas e a benção inicial, pediu para todos os padres presentes se apresentarem e na sequência os novos seminaristas foram apresentados pelo Pe. Humberto. “Esse é um momento muito importante para a nossa Arquidiocese, pois esses jovens começam hoje uma caminhada mais próxima de Deus, com o objetivo de aprofundar melhor, discernir melhor, todo o caminho que leva a vocação de um seminarista”, disse Dom Leonardo.

Para o Pe. Eduardo é uma preparação muito importante que leva a um caminho mais eficaz no seguimento de Jesus Cristo. “O Propedêutico é a primeira etapa na formação do jovem seminarista em vista a todas as demais outras etapas da filosofia e da teologia, trata-se de um tempo de preparação humana, cristã, intelectual, espiritual para os candidatos do Seminário Maior, em vista de maior clareza no discernimento vocacional. Essa é a missão desse escola propedêutica, assim também como introduzir a vida seminarística em todas as dimensões, intelectual, espiritual, comunitária, pastoral e humana”, explicou Pe. Eduardo. E foi assim que todos os “novatos” foram recebidos, todos traziam no rosto a alegria do momento que viviam, como se estivessem realizando o sonho de atender ao chamado de Deus.

“Dentro da igreja eu já fui muito engajado, já fui coroinha, coordenador de coroinha, coordenador de um grupo de jovens chamado DCJC. Sinto que desde criança Deus vem fazendo esse chamado, que ficou mais forte depois da JMJ de 2013, mesmo eu tentando fugir, Deus lançou essa rede e estamos aqui agora para discernir esse chamado”, disse o seminarista Arlysson de Souza, mais conhecidos como Malaquias, da paróquia Santo Afonso – Setor Alvorada. “Com o tempo a gente percebe que Deus vai nos chamando e aos poucos vamos confirmando o nosso sim”, comentou o seminarista Natanael de Oliveira, que antes atuou como catequista e coordenador de pastoral de uma das 14 comunidades do Distrito de Janauacá.

Mais sobre o Propedêutico

O Seminário Propedêutico está vinculado como Seminário Menor segundo o código de direito canônico 234. O Propedêutico é uma das etapas do processo formativo dos candidatos ao sacerdócio na Arquidiocese de Manaus e na Diocese de São Gabriel. Regido pelo Documento do Vaticano II, pelo código do Direito Canônico e pelos demais documentos emanados pela Santa Sé. 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *