Arquidiocese de Manaus

Encontro de Espiritualidade promovido pelo COMIDI reúne cerca de 90 pessoas

Na manhã do dia 01 de fevereiro, foi realizado no auditório do Centro Arquidiocesano São José (CASJ), localizado na Rua Major Gabriel, 767 – Centro, o Encontro de Espiritualidade com o Tema: Vida é missão e o Lema: “Eis-me aqui, envia-me” (Isaías 6,8), pelos assessores Pe. Braz Lourenço de Oliveira (PIME) e Irmã Valéria Opreni (Missionária da imaculada – PIME). O evento contou com a participação de aproximadamente 90 pessoas, entre ele estavam: padres, religiosas, seminaristas, leigos e leigas dos setores da Arquidiocese de Manaus.

De acordo com o Pe. Braz Lourenço, missionário do PIME e coordenador presbiteral do COMIDI, a “Espiritualidade Missionária” é a vida vivida na docilidade ao Espírito que, de forma contínua, age no coração humano, transformando-o e conduzindo a pessoa à profissão de fé que, pela ação do mesmo Espírito com o objetivo de proporcionar a experiências do encontro com Jesus Cristo que forma discípulos missionários e fortalecer a vida em comunidade, a fim de que o Evangelho seja testemunhado e anunciado no cotidiano da vida pessoal, familiar e social.

“Pensamos em iniciar 2020 com um encontro de espiritualidade, espiritualidade missionária que perpassa não somente a nossa vida de cristãos, mas que desde o batismo nos chama a ser essa semente propagadora da vida e da presença de Cristo em todas as pessoas. E, o objetivo deste encontro é que todas as comunidades, paróquias, e áreas missionárias da nossa arquidiocese pudessem entrar na espiritualidade da Casa Comum, que cuida não só da nossa vida pessoal, mas também de nossos ambientes, de nossa família, trabalho, estudo, floresta, cidade e assim construir as comunidades eclesiais missionárias, esse é o nosso projeto de evangelização”, explicou Pe. Braz.

Ainda de acordo com Pe. Braz, esse encontro foi o primeiro passo rumo a um evento maior, que o COMIDI se prepara aos poucos para sediar em 2022. “Esse é o primeiro encontro que abre uma sequencia de muitos outros que serão realizados em nossas regiões episcopais e nos setores. É o primeiro passo para a realização de um projeto que estamos organizando para que em 2022 possamos receber o Congresso Missionário Nacional, onde Manaus será o Lar Missionário de todo o Brasil. Por isso iremos fazer essas formações e encontros como uma igreja em saída, ir onde nós não estamos acostumados, encontrar os invisíveis e, dentro do nosso contexto, conseguir evangelizar do modo que Cristo evangelizou”, completou.

Para José Kennedy, coordenador leigo do COMIDI, o encontro foi muito bom, a contribuição dada pela Irmã Valéria Opreme foi muito boa e o feedback total sobre o objetivo da proposta, virá com o tempo. “Agradecemos a todos que puderam participar, foi uma manha espetacular, Irmã Valéria nos ajudou muito na meditação evangélica e no conteúdo teológico do conteúdo de hoje. Compreendemos que estamos à serviço e, o que nós tivemos agora como experiência inicial, foi esse serviço e nós estamos satisfeitos, pois o encontro teve momento de partilha, momento de testemunho, momento de oração e o essencial foi mostrar que a nossa vida é missão desde quando fomos batizados e, a proposta é essa, fazer da nossa vida uma missão do amanhecer ao anoitecer”, disse Kennedy.

Participação da IAM

O encontro do COMIDI foi muito bem dividido, com momentos de animação, cantos, testemunhos, formação, troca de experiências e, um dos momentos que mais chamou a atenção foi durante o relato puro e verdadeiro de Paulo Vitor (13 anos) e sua irmã Larissa Souza (10 anos), ambos participantes que, apesar da pouca idade, deram um show ao testemunhar de maneira sincera e madura, o quanto é bom ser missionário e como a Infância e Adolescência Missionária (IAM), contribui para a evangelização de jovens e crianças como o casal de irmãos.

Claro que o relato arrancou aplausos e sorrisos de todos os que estavam presentes, inclusive dos pais que eram só felicidades. “A espiritualidade foi muito proveitosa e tudo foi maravilhoso, com um tema muito forte ‘Vida é missão’, foi muito bem escolhido e muito bem conduzido pelo padre Braz e Irmã Valéria, com certeza tocou no coração dos participantes. Sugiro  que tenhamos mais eventos como esse num ambiente como esse onde tudo foi perfeito e a equipe está de parabéns. Obrigado pelo espaço dado a IAM”, comentou o Sr. Raimundo, pai das crianças. 

Fotos colaboração: arquivo COMIDI

  



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *