Arquidiocese de Manaus

Pascom realiza Di@logando sobre a nova marca da Arquidiocese de Manaus e da Pascom Nacional

Cerca de 50 agentes da Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Manaus estiveram reunidos no primeiro Di@logando de 2020, realizado na manhã de 18 de janeiro, no auditório da Fundação Rio Mar, em Manaus, com o objetivo de conhecer o manual da nova marca da Arquidiocese de Manaus e saber como utilizá-la adequadamente. Na ocasião também se falou a respeito da aplicação correta da marca da Pascom, adaptada às paróquias e áreas missionárias.

Inicialmente, o designer Lúcio Cavalcanti, criador da nova marca da Arquidiocese, fez uma explanação sobre o que é marca e sua importância, enfatizando que “uma marca é um conjunto organizado de percepções (cognitivo) e sentimentos (emocional) por meio do qual ela se torna única e capaz de satisfazer as necessidades tangíveis e simbólicas das pessoas. Possuindo características próprias, ela se distingue de outras, agregando valores e características institucionais. A marca é, portanto, simbólica, emocional e intangível – relacionada ao que a marca representa para as pessoas. Nesse sentido, para que a marca exerça seu papel, é necessário uma identidade visual com princípios e diretrizes bem estruturadas e uma utilização consciente, consistente e integrada, conforme prescrito no Manual da Marca da Arquidiocese de Manaus”, explicou o designer. Em seguida, apresentou o estudo realizado para desenvolver a nova marca, pensando sempre na necessidade de manter o uso da silhueta da catedral metropolitana, visto que é nela que se encontra a cátedra do arcebispo e por isso é a igreja mãe da arquidiocese. Também foi observada a necessidade de ser o mais simples possível para facilitar sua aplicação nas mais variadas peças de comunicação que forem produzidas, com o uso de linhas simples, com baixo custo de produção, pensando ainda na ausência de recursos para ser reproduzida nas comunidades mais distantes e carentes de tecnologia.

Dom Sergio Castriani, Administrador Apostólico da Arquidiocese de Manaus e bispo referencial para a Comunicação no Regional Norte 1, esteve presente no encontro e disse aos participantes que nesse processo de mudança da logo da Arquidiocese ele aprendeu muito e ressaltou que todos precisam estar dispostos a procurar aprender sempre. Afirmou que a missão da Pascom é muito importante, porque por meio dela comunicamos Cristo. Em carta pastoral publicada por ele no dia 31 de dezembro de 2019, Dom Sergio afirmou que o processo da mudança da marca da Arquidiocese exigiu estudo e pesquisa e que iniciou em 2018, sob seu acompanhamento e orientação. Na carta, Dom Sergio pede que todas as comunidades da Arquidiocese de Manaus procurem conhecer as recomendações para uso da marca e se empenhem para segui-las.

A coordenadora arquidiocesana da Pastoral da Comunicação, Adriana Ribeiro, falou sobre a necessidade de sempre respeitar a marca, pois, ela expressa a identidade de uma instituição e ajuda fortalecê-la. Comentou ainda que o evento Di@logando promovido pela Pascom desde 2018 tem a finalidade de promover maior proximidade entre a coordenação arquidiocesana e os agentes que estão nas paróquias e áreas missionárias. Um tema específico é escolhido para cada encontro, visando estimular continuamente o diálogo e a reflexão sobre temas relacionados à comunicação.

 

Por Ana Paula Lourenço

Fotos: Erico Pena



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *