Arquidiocese de Manaus

Dom Sergio realiza visita pastoral em paróquia no município de Careiro da Várzea

De 14 a 17 de janeiro, Dom Sergio Castriani, Administrador Apostólico da Arquidiocese de Manaus, realizou uma visita pastoral à paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (NSPS), localizada no município de Careiro da Várzea. Durante a visita, Dom Sergio celebrou a missa de acolhida às 18h30 na matriz no dia 14. No dia 15, às 16h, visitou a comunidade São Sebastião na área do Curari e finalizou no dia 16, participando da novena e adoração ao Santíssimo, às 18h na igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, concelebrada pelo pároco, Pe. Aparecido Donizetti Maciel (mais conhecido como Pe. Maciel).

Homília de Dom Sergio

A Palavra de Deus hoje no Evangelho nos mostra o sucesso de Jesus no início de sua vida pública. Mesmo não querendo que se fizesse publicidade em torno dos milagres que fazia era impossível controlar os que eram curados. E a fama de Jesus se espalhou e mesmo que ele ficasse em lugares desertos, de toda parte vinha gente procura-lo. Mas Jesus vai muito em breve colocar as condições para segui-lo e no final estarão algumas mulheres ao pé da cruz com ele.

O episódio mostra que Jesus é Deus, pois tem o poder de curar. Ele age como Deus com um poder criador: eu quero, e a sua vontade acontece. O Deus do antigo Testamento age por compaixão, Jesus teve compaixão do leproso. Para Jesus o importante não era o milagre, senão ele teria curado todos os leprosos do mundo, mas sim o fato que aquele homem podia dai em diante viver uma vida normal, reintegrado na comunidade pelos sacerdotes.

Na comunidade dos seguidores de Jesus, há doentes, pecadores, gente que o mundo não valoriza. Mas todos tem o seu lugar, não só os que são curados. Todos procuramos a cura para nossas doenças, mas já estamos curados quando tocamos em Jesus e ele nos liberta dos nossos pecados .

A primeira leitura é deprimente. Israel é derrotado duas vezes pelos filisteus. Numa primeira batalha morrem quatro mil homens, e numa segunda 30.000. Os líderes morreram e Israel perdeu a Arca da Aliança, que era o sinal da presença de Deus no meio do povo. No salmo responsorial o salmista exprime toda a amargura depois de uma derrota. Coloca a culpa em Deus, pela derrota diante do inimigo.

É difícil entender que Deus não tem nada a ver com as nossa guerras. E que ele ficado lado dos injustiçados e não dos vencedores. Os israelitas se comportaram diante da Arca como pagãos diante de ídolos, atribuindo poderes mágicos a ela.

O que estas leituras nos dizem hoje? Em primeiro lugar não fazer da nossa fé em deus uma fé mágica. A vida tem que ser enfrentada com disposição para o trabalho diário. As doenças são para ser enfrentadas e curadas, mas se não forem, nem por isso a vida acabou. Há sempre algo que podemos fazer. Um sorriso de uma pessoa deficiente vale muito mais que dinheiro e saúde abundantes.

Eu gostaria de agradecer a Deus pela  comunidade católica do Careiro da Várzea. Nestes últimos sete anos, desde a primeira vez que vim aqui por causa de uma enfermidade do Pe Acácio fui recebido como um irmão, que tem uma responsabilidade maior, mas irmão. Agora que eu passo a responsabilidade para outro, ficaremos mais irmãos. Se Deus permitir e me der saúde pretendo voltar para visitar vocês como estou fazendo hoje. Visitar simplesmente como Maria visitou Isabel e prorrompeu num canto de ação de graças pelas maravilhas que Deus realizara na vida de ambas.

Nós temos muito a agradecer. Mas eu acho que tenho que fazer um agradecimento especial aos missionários de Ribeirão Preto que tem garantido o ministério sacerdotal nesta paróquia. A Eucaristia é o ponto de chegada e de partida de toda vida cristã. Sem Eucaristia não há Igreja. Mas cada missionário trouxe seus dons pessoais que partilhou com a comunidade. Agradeço ao Pe Maciel todo o seu espirito livre diante das dificuldades da vida, a boa comida destes dias e as conversas. Fazia tempo que eu não fazia uma visita tão agradável e proveitosa como esta. E a todos vocês que vieram rezar conosco nestes dois dias, um muito obrigado e que Deus vos abençoe.

Informações e fotos: José Carlos.

     


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *