Arquidiocese de Manaus

4.º Musical Natalino da Área Missionária Maria Imaculada é realizado com o tema “…E habitou entre nós”

A Área Missionária Maria Imaculada (AMMI) promoveu na noite de 21 de dezembro, a 4.a edição do Musical de Natal, com o tema: …E habitou entre nós (João 1, 14), inspirado no lema de ordenação episcopal de Dom Sergio Castriani, Administrador Apostólico da Arquidiocese de Manaus. Ao todo foram mais de 100 pessoas da AMMI envolvidas na realização do musical, divididas em equipes de música, dança, teatro, sonorização, iluminação e muitas outras, tudo feito pelos membros da própria AMMI, mas de forma super profissional, de modo que todos que tiveram a oportunidade de apreciar o evento realizado na Quadra Santo Eugênio de Mazenod, nem sentiram passar as 2h da apresentação, que contou com a presença de Dom Sergio apreciando tudo sentado na primeira fileira.

De acordo com Harley Maklouf, da equipe de coordenação, a ideia de fazer o musical com essa temática surgiu no período de agosto, durante uma reunião com o padre para definição do tema. “A inspiração do tema veio de Deus que pôs no coração do Padre Patrick e o contexto da encenação trabalhada em cima do tema que sou diretor do teatro e de Gilmara Gomes (Direção geral junto com o David César e Padre Patrick) onde definimos todas as falas dos atores. Tivemos mais ou menos um mês de preparação, as dificuldades eram muitas, tempo, horário, cansaço, pessoas que moram longe e por fim tudo deu certo ”, comentou Harley.

E, mesmo com todas as dificuldades e imprevistos, o que se pôde ver na noite de apresentação foi um verdadeiro espetáculo feito com muito carinho, que emocionou a todos pela bela forma que foi transmitida a mensagem. “Na verdade o musical não ia sair, devido a muitas dificuldades e quando foi em outubro o padre Patrick resolveu fazer mesmo com todas as dificuldades, não tínhamos a quantidade de pessoas certas, mais Deus foi mostrando. O teatro, a música e a dança ensaiavam Sexta e sábado e quando chegou duas semanas antes do musical intensificamos e ensaiávamos 3 vezes na semana, tudo separados, cada grupo em uma distinta comunidade e nos ensaios gerais, fazíamos a conexão de tudo”, finalizou Harley.

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *