Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Irmãos Vitor Hugo e Marcos Venícius são ordenados presbíteros na Catedral Metropolitana de Manaus

A Catedral Metropolitana N. Sra. da Conceição, pertencente ao Setor Centro Histórico – Região Episcopal N. Sra. dos Remédios, esteve em festa na noite desta quinta-feira (12/12), dia de N. Sra. de Guadalupe, ao celebrar um dia histórico onde foram ordenados presbíteros os diáconos, Vitor Hugo Fernandes da Silva, do Clero Diocesano e Frei Marcos Venícius Souza da Silva, da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, dois irmãos de sangue que foram ordenados pela imposição de mãos de Dom José Albuquerque, Bispo Auxiliar da Arquidiocese que presidiu a celebração.

A solenidade teve início às 18h30, tendo como concelebrantes o Arcebispo Emérito e Administrador Apostólico, Dom Sergio Castriani e o bispo auxiliar Dom Tadeu Canavarros, contando com a presença dos demais padres do clero diocesano e religiosos, entre eles o Pe. Zenildo Lima, Reitor do Seminário Arquidiocesano São José e o Frei Carlo Maria Christolini, custódio dos Frades Menores Capuchinhos do Amazonas e Roraima. A celebração também contou com leigos e religiosos, familiares e amigos que lotaram a Igreja da Matriz para  prestigiar esse momento tão importante na vida dos dois irmãos.

Após a bonita procissão de entrada, a celebração seguiu normalmente com as boas vindas de acolhida de Dom José. Depois da aclamação do Evangelho, Pe. Zenildo e Frei Carlo apresentaram os candidatos a Dom José iniciando assim o rito de ordenação presbiteral que começa após a homilia e é marcado pela prostração do candidato; oração consecratória de ordenação, realizada com a imposição de mãos do bispo; entrega das vestes sacerdotais, realizada pelos familiares; unção das mãos do neo presbítero; entrega do pão sobre a patena e o cálice com o vinho; e a acolhida no presbitério, com o ósculo (abraço) da paz, gesto com o qual Dom José, Dom Sergio, os demais padres presentes, acolheram os novos sacerdotes.

Depois de ordenados e visivelmente emocionados, os irmãos tomaram seus lugares ao lado de Dom José, Dom Sergio, Dom Tadeu e dos outros padres no altar, e participaram também do momento da consagração do pão e vinho, sob o olhar atento da assembleia. De acordo com Pe. Zenildo, não é primeira vez que acontece a ordenação de um padre diocesano com um frade capuchinho. “Há 34 anos, no dia 8 de dezembro, aconteceu na igreja de São José a ordenação de três frades capuchinhos e um padre diocesano, no caso o Pe. Danival Lopes, que ainda continua anunciando o evangelho. O dia de hoje é história e a história é algo que nós guardamos, para nossos arquivos, nossa cúria, nosso seminário”, comentou.

Não há dúvida de que o coração da dona Rosa Fernandes de Souza estava explodindo de alegria por ver os dois filhos serem ordenados, a emoção era tanta que estava difícil até de falar. “Dona Rosa, a partir da sua fé e da sua vida, surgiram essas duas vocações para a igreja, agradeço a senhora e a todos os familiares que estão presentes e que juntos possamos rezar uma Ave Maria em agradecimento”, disse Dom José. Frei Carlo Maria, em nome dos capuchinhos, também expressou seu agradecimento dizendo “Em vossa família caiu uma ‘bisgraça’, ou seja, sua família recebeu de Deus a dupla graça de ter dois filhos padres e que Deus possa abençoar cada vez mais”.

Agradecimento dos novos padres

“A nossa vocação é enraizada no povo de Deus, principalmente porque se hoje estamos aqui é porque tivemos o apoio de muitos irmãos e irmãs que passaram pela nossa história e agradeço a cada um, em especial à nossa família e a minha mãe, que nos gerou e nos educou. E a nossa vocação também vem de uma grande mulher, N. Sra. de Guadalupe, pois através da Virgem Maria nós vimos o sinal de Deus e seguimos e, a todos os vocacionados e vocacionadas, eu convido sempre a dizer sim a Deus, porque Ele é a trindade e a comunhão perfeita”. disse Frei Marcos, que após ordenado continuará a sua missão em Rorainópolis, interior de Roraima (RR).

“Nesse momento, fogem as palavras para expressar a gratidão a cada um de vocês que contribuíram na nossa caminhada, ajudando, incentivando e, às vezes, levantando quando a gente queria desistir e voltar atrás. Gostaria de agradecer a todos, sobretudo ao Seminário São José, que me acolheu durante sete anos e me ajudou a crescer como pessoa e descobrir potencialidades. Agradeço também à Área Missionária Família de Nazaré (AMFN), Paróquia Santo Afonso e Paróquia Santíssima Trindade, por onde eu passei fazendo meu serviço de pastoral e à Paróquia Divino Espirito Santo, de onde nós viemos e demos nossos primeiros passos”, comentou Vitor, que vai atuar como vigário paroquial na AMFN.

Homilia de Dom Sergio

Como já se tornou de costume, as homilias de Dom Sergio geralmente estão sendo lidas por um porta voz, em virtude da doença que lhe impede de realizar tal ofício. Dessa vez o escolhido para tal tarefa foi o bispo auxiliar Dom Tadeu Canavarros que, em pleno dia de N. Sra. de Guadalupe, estava completando três anos de ordenação episcopal. Em sua homilia Dom Sergio falou da importância dessa dupla ordenação e o motivo dela ser realizada na Catedral Metropolitana de Manaus.

“No dia que a Igreja da América Latina festeja a sua Mãe, nós nos reunimos aqui na casa de Maria, para recebermos esse presente de Deus, dois irmãos da mesma família e filhos da Paróquia Divino Espirito Santo, no bairro do Coroado, onde poderia ter sido realizada a ordenação, mas nós fizemos na Catedral para que ficasse evidente que os presbíteros são ordenados para a Igreja toda. Lembrem-se que em qualquer hora, em qualquer lugar, vocês são padres, vocês são outro Cristo e suas atitudes devem ser as que Jesus teria se estivesse ali, no meio das pessoas que encontramos, pois vocês têm tudo para serem grandes sacerdotes para o bem do povo de Deus. Desejo que sejam felizes, amigos, serviçais, bem humorados, humildes, bem franciscanos mesmo”, disse o trecho da homilia de Dom Sergio. 

   



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *