Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Festejos de N. Sra. das Graças encerram com procissão, missa campal e homenagem a Dom Sergio

Cerca de 2 mil fiéis, vindos de todas os quatro cantos da cidade, participaram da procissão e missa que marcaram o encerramento dos festejos em honra à N. Sra. das Graças. A procissão teve início por volta das 17h10 desta quarta-feira (27/11), partindo da paróquia Nossa Senhora das Graças, com os devotos caminhando, orando e cantando pelas principais ruas do bairro, até chegarem à Rua Brasil, onde toda uma estrutura estava montada e aguardando os fiéis para participarem da missa campal, presidida pelo Arcebispo Emérito de Manaus, Dom Sergio Castriani, concelebrada pelo pároco padre Paulo Cesar Ferreira e pelos padres Leudo Santos e Celso Ferreira.

Esse ano, os festejos tiveram como tema: “No colo de Maria encontramos o amor e a graça imitando suas virtudes”. A abertura dos festejos começou com o novenário no dia 18/11, na igreja a partir das 19h, trazendo cada dia um subtema diferente, que era completado pelo tema principal. Cada celebração teve como responsável uma paróquia convidada, trazendo seu pároco e equipes litúrgicas para homenagear Nossa Senhora. Entre os padres que presidiram podemos citar, Pe. Leudo Santos, que também conduziu a animação durante as quase 2h de procissão e Frei Pedro Rodrigues.

Na programação do encerramento, além da procissão e missa campal, a comunidade também participou da Alvorada de Nossa Senhora, tendo início às 5h, às 12h teve a queima de fogos pelas ruas do bairro (Rua Cuiabá; Rio Iça; Sucupira; Rua do Amparo; Fortaleza; Djalma Dutra; Libertador; São Luís e Brasil) e, às 16h, com a igreja lotada, aconteceu um dos momentos mais esperados por todos os devotos, a benção das medalhas da padroeira realizada pelo padre Paulo. De acordo com Leon Fábio, participante da equipe do Terço dos Homens, cerca de 40 guerreiros de Maria participaram revezando na hora de conduzir o andor, fora os demais agentes. “Tivemos agentes de vários movimentos e pastorais engajados na organização de todo o novenário e também na pré, durante e pós festa do encerramento”, disse.

 

Após quase duas horas de procissão, deu-se inicio à missa campal com a rua Brasil completamente lotada de fiéis e devotos que todos os anos se fazem presentes para orar, agradecer ou pagar alguma promessa. Como o caso da jovem Karla Dutra, moradora do centro que todos os anos se faz presente junto com a mãe. “Eu prometi para Ela que, se eu passasse na prova do doutorado eu iria pagar a promessa de participar da procissão esse ano usando as vestes da Santa e aqui estou”, disse a fiel emocionada, que agora cursa o doutorado de agronomia tropical na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

 

Quem não pode estar presente, acompanhou tudo pelas ondas da Rádio Rio Mar em 103,5MHz que realizou a transmissão ao vivo da procissão e missa campal para milhares de ouvintes. Antes do fim da celebração, foi realizada uma homenagem à Dom Sergio que, a partir desta quarta-feira passou a ser Arcebispo Emérito e Administrador Apostólico da Arquidiocese até a posse de Dom Leonardo Ulrich Steiner que foi anunciado oficialmente como novo Arcebispo de Manaus pelo Papa Francisco. “Obrigado Dom Sergio por esses anos de pastoreio no meio de nós, pois o senhor não só habitou no meio de nós, entre nós, mas no coração de cada um de nós. Obrigado por vivenciar o seu lema episcopal com toda a sua profundidade”, comentou Pe. Paulo que logo após chamou algumas crianças da comunidade para presentear Dom Sergio com flores, uma medalha milagrosa e uma placa de gratidão.

   



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *