Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Missa campal presidida por Dom Sergio no cemitério São João Batista, faz lembrança aos fiéis defuntos

Centenas de fiéis participaram da missa campal realizada na noite deste sábado (2/11), em frente ao cemitério Municipal São João Batista, localizado à avenida Boulevard Álvaro Maia, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul. A missa campal começou por volta das 18h e foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, e concelebrada pelos padres Daniel Curnis, pároco da paróquia N. Sra. de Nazaré e Pe. Carlinhos da Silva, missionário do PIME.

A celebração já é uma tradição e encerra a programação realizada neste feriado, que envolve louvor, oração e uma série de missas organizadas por diversas paróquias/áreas missionárias e presididas por vários padres no decorrer do dia, em alguns cemitérios de Manaus, como: Santa Helena; São Francisco; Nossa Senhora Aparecida; Nossa Senhora da Piedade; Tarumã; São Raimundo, com o intuito de celebrar o dia dos fiéis defuntos e homenagear os entes queridos que partiram e deixaram saudades.

“Neste ano finados cai num sábado, o sábado é dia de descanso, é o final da semana, é o dia da família, é o dia em que fazendo uma pausa nas atividades libertamo-nos da tirania do tempo. Nossa missa acontece na véspera do dia do Senhor, liturgicamente já é domingo, dia em que a comunidade reunida dá testemunho de sua fé na ressurreição de Jesus. Feliz coincidência esta que junta a comemoração dos fiéis defuntos à memoria do ressuscitado”, disse Dom Sergio em um dos trechos de sua homília.

Para o Pe. Daniel, que por mais um ano concelebrou ao lado de Dom Sergio, lembrar os queridos falecidos é lembrar o que há de bom que existe em nós, e  o compromisso de como cristãos caminhar para a vida eterna. “Hoje é mais uma oportunidade a mais para pensarmos naquilo que como cristãos está no centro da nossa fé, a ressusrreição. Muitas vezes passamos pelo cemitério e talvez nem pensamos a importancia desse lugar que guarda nossos queridos sepultados e nesse dia de finados nós queremos lembrar deles e o bem que semearam durante a vida, fazendo isso nós nos comprometemos a gastar nossa vida de uma forma certa para também ganharmos a salvação”, comentou Pe. Daniel.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *