Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Inauguração de nova sede da Defensoria Pública do Amazonas conta com bênção do arcebispo de Manaus

Instalada na Avenida André Araújo, bairro Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus, a nova sede da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) foi inaugurada na manhã do dia 1.º de novembro, e contou com a presença e bênção do arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sergio Eduardo Castriani, acompanhado do padre José Alex Bento, capelão do Exército e responsável da Paróquia Nossa Senhora do Sameiro, que presidiu o rito de bênção em nome do arcebispo.

Pe. Alex fez a leitura de um trecho do Evangelho de Matheus (Mt 9, 9-13) para iluminar o momento da bênção. Em seguida proferiu umas palavras aos presentes desejoso de que Jesus abençoe e conduza todos os trabalhos que ali serão realizados em prol do povo mais necessitado que buscarão assistência jurídica integral e gratuita: “Que nossa Senhor Jesus Cristo entre nesta nova sede, neste ambiente de trabalho que está a serviço da vida, da esperança e da cidadania, a serviço do Reino de Deus.  Da mesma forma que Jesus transformou a vida de Matheus, que Ele transforme a vida de todos que integram este ambiente e que repouse sobre todos nós a Sua bênção e a Sua misericórdia”.

O prédio leva o nome do defensor público Afonso Lins, em homenagem ao defensor público, já falecido, que ocupou por duas vezes o cargo de defensor público geral do Estado. Está situado em um ponto de fácil acesso por onde passam 20 linhas de ônibus, o local concentrará a sede administrativa e unidades de atendimento, para acompanhar o crescimento acelerado de demandas com uma moderna e ampla estrutura.

Em seu discurso, o defensor geral do Amazonas, Dr. Rafael Barbosa, destacou a missão da Defensoria de servir ao povo e o momento simbólico para a instituição. “Quero agradecer a todos os servidores que trabalharam com empenho para que este prédio fosse inaugurado hoje. Esse prédio é para o povo do Amazonas”, afirmou Rafael Barbosa.

A cerimônia de inauguração contou com a presença do vice-governador do Estado e defensor público, Carlos Almeida Filho, de autoridades dos três poderes e do ex-governador Amazonino Mendes, que assinou o ato de criação da Defensoria Pública do Amazonas, em 30 de março de 1990. Também esteve presente a secretária de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), defensora pública Caroline Braz, o representante do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), o desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa e sua esposa, a subprocuradora geral do Município, Maria de Lourdes Lôbo da Costa, que foi defensora geral e esteve no evento representando o prefeito de Manaus, Arthur Neto.

Com uma área interna de 11.744,87 metros quadrados, a nova sede da DPE-AM tem acessibilidade para pessoas com deficiência (PcD) e idosos e centraliza serviços da Defensoria, com melhor qualidade do atendimento. O edifício abrigará a sede administrativa e as unidades descentralizadas situadas nos Pronto Atendimento ao Cidadão (PACs) Alvorada e Compensa, o Núcleo Forense Cível, o Núcleo da Casa da Cidadania e o Núcleo da Rua 24 de Maio (atendimento inicial de Família).

A localização do edifício, bem próximo ao Fórum Henoch Reis e ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), também vai proporcionar economia de tempo e combustível e reduzirá custos com deslocamentos de veículos e papel.

Com informações da assessoria de comunicação do DPE-AM



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *