Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

EDITORIAL – Edição 168 – Outubro 2019

Graça e Paz para você estimado(a) leitor(a) da nossa Revista Eclesial “Arquidiocese em Notícias”.

Outubro de 2019 será um mês histórico para a Igreja de Cristo reunida na Amazônia. O Papa Francisco juntamente com os bispos da nossa Região Amazônica estarão no Vaticano pra refletir sobre as alegrias e esperanças, as dores e as lutas do povo de Deus que aqui vive. Esta reflexão abraçará também a criação Dele, manifesta na auna e ora de nossa Região Amazônica. Para a Igreja continuar sua fidelidade a Jesus Cristo de Nazaré, tal aspecto não pode ser deixado à margem, ainda mais agora com os sinais tão evidentes de que atender as demandas dos “amigos do rei”, isto é, os alinhados aos delírios palacianos, é o imperativo categórico vigente, a “nova ideologia”. Ignorar tais sinais, revela uma espécie de cegueira coletiva, advinda do fundamentalismo alienante praticado em um discurso surdo e vazio em nome da soberania e incapaz de implementar medidas plausíveis e eficazes para usufruir e não destruir a Amazônia. Tal cegueira coletiva revela-se ainda mais esquizofrênica quando os seus criadores se detêm apenas em fazer ilações sem evidências consistentes, elencando inimigos imaginários, construindo uma  cortina de fumaça no intuito de esconder a própria letargia em lidar com a situação. Sendo que tal situação oi alicerçada pelo afrouxamento irresponsável da fiscalização. O Brasil sim precisa de progresso e não de retrocesso civilizatório. Precisar chamar a atenção do mundo não pelo que se destrói mas por aqui aquilo que se produz através de investimentos no saber científico, para que não sejamos mais reconhecidos ao longo de 500 anos de história, apenas como uma pátria de commodities, mas uma Nação que olha para a Amazônia como uma incubadora de “tecnologias verdes” para o mundo demonstrando a soberania do saber. Chega de destruição! É preciso investimento em ciência e tecnologia para enxergar que a grande riqueza para o Brasil e para os brasileiros que nesta região moram e a conhecem, esteja acima do solo e de pé na terra e não somente debaixo dela. Não esqueça que neste mês teremos a Caminhada Missionária, esteja presente e acompanhe também pela Rádio Rio Mar FM 103,5 ou Castanho FM 103,3. Uma ótima leitura para você e que Nossa Senhora da Amazônia interceda sempre por nós.

DIRETOR SUPERINTENDENTE DA RÁDIO RIO MAR PE. CHARLES CUNHA



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *