Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Livro “Primeiras Crônicas de Dom Sergio Eduardo Castriani” é lançado em missa na Catedral Metropolitana de Manaus

Na noite de 12 de setembro, foi realizada às 18h na Catedral Metropolitana de Manaus, a Celebração Eucarística por ocasião do lançamento do livro “Primeiras Crônicas de Dom Sergio Eduardo Castriani”, organizado pela escritora e membro da Academia Amazonense de Letras, Carmen Nóvoa Silva, com as crônicas escritas pelo Arcebispo Metropolitano de Manaus nos anos de 2013 e 2014, publicadas no Jornal Em Tempo. A obra possui 230 páginas, contendo 90 crônicas, um memorial fotográfico, entrevistas da web e bibliografia. A santa missa foi presidida pelo próprio homenageado, concelebrada pelo bispo auxiliar Dom Tadeu Canavarros e pelo Arcebispo de Ribeirão Preto, Dom Moacir Silva, contando com a presença também de vários presbíteros da Arquidiocese de Manaus.

No lançamento, além dos padres e diáconos, estiveram também presentes seminaristas, religiosos, leigos, políticos, autoridades e amigos tanto da organizadora do livro quanto de Dom Sergio que vieram prestigiar esse momento tão importante que, de acordo com a escritora, tem por objetivo eternizar a memória de Dom Sergio. “Já fiz o prefácio dos três livros de Dom Luiz Soares, mas dessa vez senti uma inspiração de Nossa Senhora e resolvi fazer esse livro para comemorar os 25 anos de Academia Amazonense de Letras, com o objetivo de imortalizar as crônicas de Dom Sergio que escreve toda semana em nossos jornais locais e agora estão reunidas nessa coletânia que conseguimos trazer nesse livro junto com algumas fotos de homenagens que ele recebeu”, disse a autora.

O livro custa R$ 60,00 e passou a ser vendido logo após a celebração, no salão na igreja, onde rapidamente formou-se uma fila para comprar e, é claro, todos também queriam fazer uma foto ao lado de Dom Sergio que fez o possível para atender a todos, inclusive a imprensa que se fez presente. Para quem não conseguiu comprar no dia do lançamento, o livro continuara a ser vendido no Centro Arquidiocesano São José. “Agradeço a todo o clero presente e a todos os agentes de pastoral que me ajudaram a fazer esse livro contando alguns relatos desse missionário nato e iluminado que logo quando chegou a Manaus, passou a ser chamado pela imprensa como ‘o bispo que sorri’ e que continua sorrindo para nós até hoje”, concluiu Carmen.

Palavras do Arcebispo

“Hoje nos reunimos aqui para fazer o lançamento de um livro, que não é simplesmente um livro e sim uma obra feita aos poucos com o intuito de dizer uma palavra que fizesse sentido para os homens e mulheres do nosso tempo e que levasse ao leitor a Palavra do Pastor. Alguns amigos decidiram imortalizar o autor reunindo meus textos que expressam o desejo que tenho de levar a Boa Nova ao povo, essa Boa Nova que diz respeito a tudo e a todos e, só me resta agradecer aos idealizadores e editores por esse bonito trabalho, pois tudo que fizeres em palavras ou obras, que seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo e por meio Dele dai graças ao Pai e à Virgem Maria eu dedico meu trabalho de pregador que, por força das circunstância é hoje também o de escritor”, disse um trecho da homilia de Dom Sergio proclamada pelo padre Zenildo Lima, Reitor do Seminário Arquidiocesano São José.

 

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *